Zona Sul da capital tem casamento comunitário neste sábado

A cerimônia vai selar a união de 85 casais que moram na região

sáb, 12/03/2011 - 8h00 | Do Portal do Governo

São muitos os casais que sonham oficializar a união, porém faltam recursos para arcar com as despesas com cartório e uma celebração religiosa. Um casamento civil custa, em média, R$ 250. Alguns já vivem uma união estável há anos, mas, por questões financeiras, nunca puderam legitimar a aliança.

Para atender ao desejo de consagrar a união com a certidão de casamento, o Centro de Integração da Cidadania da zona sul (CIC SUL), programa da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania promove sábado, 12, o primeiro Casamento Comunitário do ano, a partir das 10h, no espaço do CEU Parelheiros, localizado na rua José Pedro Borba, 20, em Parelheiros. O evento é totalmente gratuito para os noivos e convidados.

A cerimônia vai selar a união de 85 casais que moram na região. O Casamento Comunitário é direcionado para todos os moradores que vivem em união estável na região e que ainda não regularizaram o casamento. A programação é uma parceria entre o Cartório de Parelheiros e o CIC Sul, com o apoio de algumas lideranças comunitárias da região.

O Casamento Comunitário tem como objetivos regularizar a situação civil em comunidades carentes, fortalecer o vínculo familiar e a realização do sonho dos casais que não possuem condições de arcar com os custos do casamento no civil, além de proporcionar aos casais a legalização do relacionamento para o futuro, para que eles possam usufruir dos seus direitos previstos pela união estável.

O evento contará com a presença da Secretária da Justiça, Eloisa de Sousa Arruda, que participará da cerimônia como testemunha. Nos últimos sete anos, o Centro de Integração da Cidadania (CIC), em parceria com outras instituições, realizou sete Casamentos Comunitários e legalizou a união de mais de 2.682 casais.

Para participar do evento os casais tiveram que apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento ou certidão de casamento averbada com divórcio, ambas atualizadas; carteira de identidade, carteira de trabalho, CPF e, se viúvo, apresentar cópia da certidão de óbito do falecido e a original da certidão de casamento. Foram requisitos para participar do evento: ser maior de 18 anos; morar na região de Parelheiros e ter renda familiar inferior a R$ 1.500.

Sobre o CIC

O Centro de Integração da Cidadania (CIC) é um programa da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania que visa a proporcionar o acesso à Justiça, por intermédio de serviços públicos de qualidade para a população e o incentivo à cidadania comunitária. Para tanto, conta com dez postos fixos localizados em regiões periféricas das cidades de São Paulo (norte, sul, leste e oeste), Guarulhos, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato e Campinas.

Nas unidades do CIC, a população tem acesso a serviços públicos gratuitos e pode participar ativamente de ações para o desenvolvimento local, por intermédio de palestras informativas sobre temas diversos, como oficinas culturais, orientações sociais e jurídicas, mediação comunitária de conflitos, reuniões do Conselho Local de Integração da Cidadania (Clic) e atividades educativas de promoção e conscientização acerca de direitos humanos e cidadania, focadas no Programa Estadual de Direitos Humanos.

Serviço
Casamento Comunitário
Data:
12 de Março de 2011
Hora: A partir das 10 horas
Local: CEU Parelheiros
Endereço: Rua José Pedro Borba, 20 – Parelheiros

Da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania