Unicamp: Pesquisa pretende analisar impacto da COVID-19 na migração no Brasil

Organizadores da iniciativa solicitam que imigrantes colaborem a partir do preenchimento de um questionário online

qua, 27/05/2020 - 16h31 | Do Portal do Governo

O Observatório das Migrações em São Paulo, vinculado ao Núcleo de Estudos de População Elza Berquó da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), participa de uma iniciativa para um estudo sobre o impacto da COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus) e das medidas adotadas pelo poder público sobre as condições de vida dos imigrantes internacionais, refugiados e apátridas residentes no Brasil, avaliando as possíveis violações de seus direitos sociais.

Veja também
Guia de prevenção sobre o novo coronavírus
Perguntas e respostas: tire suas dúvidas sobre a doença
As medidas adotadas pelo Governo de SP para o combate ao coronavírus

Para isso, os organizadores da iniciativa solicitam que esse público colabore a partir do preenchimento de um questionário. Trata-se de questões curtas e que podem ser rapidamente respondidas. A pesquisa encontra-se traduzida para seis línguas: português, inglês, espanhol, árabe, francês e creole haitiano.

Os dados recolhidos são anônimos e serão tratados de forma agregada sem a identificação dos respondentes. Nenhuma informação individualizada será fornecida a qualquer órgão de governo ou disponibilizada para divulgação ou uso na pesquisa ou em qualquer outro estudo.

Além do Observatório das Migrações em São Paulo, também participam da iniciativa o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão Direitos Sociais e Migração (GIPE)/ PUC Minas e o Grupo Distribuição Espacial da População (GEDEP)/PUC Minas.

Mais esclarecimentos podem ser obtidos pelos seguintes e-mails: migraforum.mg@gmail.com ou observatoriodasmigracoes@nepo.unicamp.br.