Transportes Metropolitanos: EMTU participa 50º Congresso Estadual de Municípios

Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos divulga principais projetos em estande

ter, 21/03/2006 - 10h01 | Do Portal do Governo

A EMTU/SP – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos está presente no 50º Congresso Estadual de Municípios que começou no dia 20, no Guarujá, promovido pela Associação Paulista de Municípios, com um estande para divulgar os principais projetos da empresa nas três regiões metropolitanas do Estado de São Paulo (São Paulo, Baixada Santista e Campinas.

Na quarta-feira, dia 24, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, e o presidente da EMTU/SP, Joaquim Lopes, participarão do painel “Planejamento na Macro Metrópole Paulista”.

Projetos

Os diversos projetos e programas da EMTU/SP serão divulgados por meio de banners informativos como:

– Pro-Pólos – Programa de Revitalização dos Pólos de Articulação Metropolitana – que tem o objetivo de facilitar o acesso da população ao transporte público nos principais núcleos urbanos de 64 municípios das três regiões metropolitanas. As intervenções envolvem a construção de estações com rampas de acesso, piso tátil para pessoas portadoras de deficiência visual, plataformas elevadas de 28 cm, cobertura, bancos fixos e lixeiras; tratamento paisagístico do entorno e do viário etc. Nove obras do programa já foram autorizadas pelo Tesouro do Estado.

– Corredor Metropolitano Noroeste – A construção de um corredor com faixas exclusivas para o transporte coletivo na Região Metropolitana de Campinas está em andamento e beneficiará 70% das pessoas que utilizam o transporte metropolitano naquela região com as novas opções de serviços (expressos e semi-expressos), redução do tempo de espera e de tempo de viagem, entre outras vantagens.

– Automação da Arrecadação da Receita (Bilhetagem Eletrônica) – Este projeto foi marcado com a criação do Cartão BOM – Bilhete de Ônibus Metropolitano, cartões inteligentes, “Smart Card”, sem contato, que já foi testado em várias linhas intermunicipais metropolitanas e será implementado pelo Consórcio Metropolitano de Transportes – CMT – formado pelas empresas de ônibus. Propiciará diversas vantagens aos usuários como ressarcimento das viagens em caso de perda ou roubo; facilidades para recarga do vale-transporte, no ônibus, sem filas; possibilidade de novas políticas tarifárias; entre outros benefícios.

– Concessão na RMSP – Está em processo de licitação as concorrências dos serviços da modalidade regular do transporte metropolitano na RMSP que proporcionará maior flexibilidade na gestão do sistema; otimização da operação e racionalização dos serviços; modernização tecnológica, entre outros. No processo estão envolvidos 4 mil ônibus, 600 linhas e 1,5 milhão de passageiros por dia.

Há programas ainda, como o PAM – Programa do Abrigo Metropolitano; construção do CISPE – Centro de Inclusão do Passageiro Especial, criação linha Expresso Litoral Sul, Baixada Santista, cuja cobrança da tarifa será controlada pelo sistema GPS (Global Position System); construção do protótipo do Ônibus a Célula Combustível Hidrogênio; IQT – Índice de Qualidade do Transporte; entre outros.

O evento conta com a participação de mais de 600 prefeituras do Estado e está ocorrendo no Casa Grande Hotel, na Rua Miguel Estéfano, 1001, Enseada.

Da Assessoria de Imprensa da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU/SP

C.C.