Tecnologia: Laboratórios do IPT são reconhecidos pela Remesp

Documento que atesta o reconhecimento dos laboratórios de ensaio foi entregue pela Remesp

ter, 23/05/2006 - 9h12 | Do Portal do Governo

Empresas que necessitem de serviços de metrologia de três dos laboratórios do IPT já podem contar com credibilidade adicional da Rede Metrológica do Estado de São Paulo (Remesp). O documento que atesta o reconhecimento dos laboratórios de ensaio do Instituto foi entregue em cerimônia promovida pela Remesp. Ele contém a comprovação de que estes laboratórios têm competência em avaliações conduzidas segundo os critérios técnicos e de gestão da norma ABNT NBR ISO/IEC 17025, específica para laboratórios de ensaio e calibração.

O processo de seleção dos laboratórios integrados à Remesp é conduzido por consultores selecionados pela própria rede, que realizam auditorias. Os laboratórios reconhecidos com a Avaliação de Competência, os primeiros do IPT, foram o Laboratório de Análises Químicas Orgânicas, o Laboratório de Análises Químicas Inorgânicas e o Laboratório de Têxteis e Confecções.

Para o Centro de Metrologia Química do IPT (CMQ), obter o reconhecimento de seus ensaios era uma meta que constava em seu Plano de Negócios. A consolidação deste objetivo era vista como caminho para maior aproximação com o mercado, principalmente os clientes que necessitam de uma demonstração formal da qualidade do laboratório. “Por meio de ações como esta procuramos atuar em consonância com a nossa missão, que é dar apoio tecnológico à sociedade em diversas áreas onde o vasto espectro da química se aplica, numa demonstração do embasamento técnico-científico existente e na intensificação da credibilidade junto à comunidade usuária”, conta Vera Ponçano, diretora do CMQ. Agora, está em processo de reconhecimento pela Remesp o Laboratório de Referências Metrológicas, onde são produzidos padrões em química certificados e distribuídos nacional e internacionalmente.

A instituição

A Remesp tem-se firmado como uma instituição de importância estratégica no desenvolvimento tecnológico da metrologia no Estado de São Paulo. Entre suas principais atividades estão o desenvolvimento de programas de treinamento para capacitar profissionais da área, banco de dados sobre trabalhos e serviços metrológicos, cadastro de consultores do setor para assessoria técnica aos laboratórios e instalação comitês de discussão.

A entidade busca representar os interesses dos laboratórios e da comunidade metrológica, contribuindo para o desenvolvimento das redes brasileiras de laboratórios de ensaios e calibração. Atualmente, é apoiada por universidades, institutos de pesquisa, centros tecnológicos, escolas técnicas e entidades de classe que poderão assessorar programas específicos.

Integrados à rede da Remesp, os laboratórios do IPT poderão usufruir, além do certificado de qualidade, de benefícios para o aperfeiçoamento de seus serviços com a participação em treinamentos e seminários oferecidos para a comunidade. Mas Vera garante que o esforço dos laboratórios não pára por aí. “Os laboratórios do CMQ, além de terem credenciamento e reconhecimento como os da Remesp, participam sistematicamente de programas de comparação interlaboratorial, buscando sempre demonstrar a sua competência de forma clara e objetiva”.