SUS faz provão dos hospitais para 53,2 mil

Projeto inédito da Saúde avaliará a satisfação dos usuários de hospitais que prestam assistência pelo sistema

seg, 03/03/2008 - 19h38 | Do Portal do Governo

O provão dos hospitais do SUS começou pra valer em São Paulo. O projeto inédito da Secretaria de Estado da Saúde vai avaliar a satisfação dos usuários de todos os hospitais que prestam assistência pelo Sistema Único de Saúde (SUS), sejam estaduais, municipais ou filantrópicos. Na capital e Grande SP foram enviados pelo correio 53,2 mil formulários para pacientes internados em novembro de 2007.

A iniciativa tem a finalidade de monitorar a qualidade de atendimento e a satisfação do usuário, reconhecer os bons prestadores, identificar possíveis irregularidades e ampliar a capacidade gestão eficiente da saúde pública. Será possível avaliar o grau de satisfação com o atendimento recebido, nível do serviço e qualidade das acomodações, além do tempo de espera para a internação.

Cerca de 200 mil pacientes que estiveram internados nos hospitais conveniados ao SUS em novembro do ano passado serão os primeiros a receberem pelo correio um formulário personalizado de pesquisa. O paciente receberá um código de identificação e poderá responder gratuitamente pela internet, correio ou por telefone.

As unidades com melhores avaliações serão premiadas pela Secretaria. Já as unidades com avaliações insatisfatórias receberão orientações técnicas e terão os profissionais treinados pelo Estado, podendo até mesmo ser penalizadas.

O Programa de Satisfação dos Usuários do Sistema Único de Saúde do Estado de São Paulo e Monitoramento da Qualidade da Gestão dos Serviços faz parte das comemorações dos 20 anos do SUS, criado em 1988 pela Constituição Federal.

“Vamos ouvir a população de forma sistemática e ampla, para saber o que está funcionando bem e o que deve melhorar em todos os serviços hospitalares da rede pública. Com isso teremos elementos para reordenar ações e redimensionar o atendimento em todo o Estado”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Da Secretaria da Saúde