Secretaria abre no Carnaval postos para doação de sangue

Postos de doação ficarão abertos em horários especiais

sex, 16/02/2007 - 13h46 | Do Portal do Governo

A Secretaria de Estado da Saúde preparou um esquema especial de atendimento e manterá os postos de doação de sangue abertos durante o Carnaval, em dias e horários especiais. A medida foi adotada porque, normalmente, nesse período os estoques fiquem muito baixos, impossibilitando até mesmo a realização de cirurgias. O posto (Pró-Sangue) do Hospital das Clínicas de São Paulo, por exemplo, funcionará todos os dias durante o feriado, de sábado a quarta-feira.

Em período de férias e feriados prolongados, a Secretaria percebe uma redução de 30% no estoque de bancos de sangue, e no Carnaval, quando geralmente há necessidade de sangue para atendimento de urgência, esse índice pode chegar a  40% de diminuição.

Alguns hemocentros estão com estoques no banco de sangue bem abaixo que do normal. Em São Paulo, unidades como o Hospital do Servidor Público Estadual e o Hospital Ipiranga estão com seus estoques reduzidos. A Fundação Pró-Sangue, que administra quatro postos na capital (entre eles o do HC, maior da cidade), também registrou queda considerável no estoque. A cada dia vêm sendo realizadas 350 doações, o ideal seriam 500.

Em Sorocaba os estoques estão bem abaixo do necessário. Diariamente, em média, 50 pessoas comparecem ao Banco de Sangue, mas a necessidade é de 100 doações. O Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto também registrou queda. O número de doadores diários despencou de 150 para 50. O ideal para que a média se mantenha boa é de 80 a 100 doadores por dia. Em Campinas ainda não há estoque baixo, mas nos últimos cinco anos a queda durante o Carnaval foi de 62%, em média.

“É muito importante que as pessoas se conscientizem e doem sangue, principalmente nessa época em que os estoques diminuem consideravelmente. É um gesto simples que pode salvar vidas”, afirma o secretário de Estado da saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos, pode doar sangue. O candidato deve estar bem alimentado e munido de documento original com foto. Não pode doar sangue quem teve hepatite após os 10 anos de idade, seja portador de hepatite B, hepatite C, Aids e usuários de drogas injetáveis.

Locais e horários de funcionamento:

Hospital das Clínicas de São Paulo

– Sábado (17/02) – 8h às 18h

– Domingo (18/02) – 8h às 18h

– Segunda-feira (19/02) – 7h às 19h

– Terça-feira (20/02) – 8h às 18h

– Quarta-feira (21/02) – 7h às 19h

Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

– Sábado (17/02) – 8h às 16h

– Segunda-feira (19/02) – 8h às 17h

– Quarta-feira (21/02) – 13h às 17h

Conjunto Hospitalar do Mandaqui

– Sábado (17/02) – 8h às 16h

– Segunda-feira (19/02) – 8h às 17h

– Quarta-feira (21/02) – 13h às 17h

Hospital Regional (Osasco)

– Quarta-feira (21/02) – 13h às 17h

Hospital Guilherme Álvaro (Santos)

– Segunda-feira (19/02) – 8h às 12h

– Quarta-feira (21/02) – 12h às 17h

Conjunto Hospitalar de Sorocaba

– Segunda-feira (19/02) – 7h às 15h

– Quarta-feira (21/02) – 7h às 15h

Hospital Estadual Mário Covas (Santo André)

– Sábado (17/02) – 8h às 13h

– Quarta-feira (21/02) – 8h às 13h

Hospital do Servidor Público Estadual

– Sábado (17/02) – 8h às 17h

– Segunda-feira (19/02) – 7h às 18h

– Quarta-feira (21/02) – 7 às 18h

Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto

– Sábado (17/02) – 7h às 13h

– Domingo (18/02) – 7h às 13h

– Quarta-feira (21/02) – 7h às 12h30

Da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Saúde

 

(AM)