Reproduções de obras da Pinacoteca estarão no Metrô e na CPTM

Usuários dos transportes metropolitanos poderão conferir quadros de artistas como Almeida Júnior a Tarsila do Amaral

qui, 27/03/2014 - 10h46 | Do Portal do Governo

O Metrô e a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), em parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo, exibirão em suas estações centrais, 17 reproduções de obras emblemáticas da pintura brasileira, em alta qualidade. Objetivo é incentivar as 330 mil pessoas que circulam diariamente nas estações a visitarem a Pinacoteca Luz e a Estação Pinacoteca.

– Siga o Governo do Estado no TwitterFacebook e veja fotos no Flickr 

Na área da Estação Luz do Metrô serão apresentadas três reproduções de obras que estão em cartaz na mostra “Arte no Brasil: Uma história na Pinacoteca de São Paulo”, na Pinacoteca Luz, que apresenta arte brasileira do período colonial até meados dos anos 1930. Entre as reproduções exibidas estão “O violeiro” (1899 – foto), de Almeida Júnior, Praia de Biarritz (1913), de Paul Michel Dupuy, “Mamoeiro ou Dançarino” (1946), de Cícero Dias e “Tropical” (1916), de Anita Malfatti.

“O violeiro” (1899), de Almeida Júnior 

Já na área de trânsito da CPTM na Estação da Luz, o corredor de acesso à Pinacoteca ganhará 10 reproduções que integram a mostra recém-inaugurada “Arte no Brasil: uma história do Modernismo”, em cartaz na Estação Pinacoteca, que reúne trabalhos realizados entre os anos 1920 e 1950, sobre as inovações formais do modernismo. Entre as obras selecionadas estão pinturas de Tarsila do Amaral: “Carnaval em Madureira” (1924), “Distância” (1928), “Antropofagia” (1929) e “São Paulo” (1924); de Lasar Segall: “Bananal” (1927); de Almeida Júnior: “Leitura” (1892), “Cena de família de Adolfo Augusto Pinto” (1891); e de Candido Portinari: “Mestiço” (1934).

A exposição ficará em cartaz até o final de junho, todos os dias, durante o horário de funcionamento das estações.

Do Portal do Governo do Estado