Projeto Viver no Parque tem várias opções de lazer para o final de semana

São duas mil vagas, distribuídas em sete oficinas de lazer e cultura

dom, 25/02/2007 - 12h02 | Do Portal do Governo

O projeto Viver no Parque prossegue neste fim de semana, com oficinas gratuitas no Parque da Juventude. São duas mil vagas, distribuídas em sete oficinas de lazer e cultura, ministradas em quatro turnos: dois de manhã, das 9 às 13h; e dois à tarde, das 14h30 às 17h30. Além de aulas abertas de yoga e capoeira, no sábado, e Tai Chi Chuan, no domingo.

São oficinas de  Contador de Histórias, Noções de Jardinagem, Recreação Circense, Dança (de salão, rua e urbana), Arte Sucata, Construindo o Lazer, Teatro de Fantoches. Durante a semana, há aulas de Capoeira (5ª. e sábado), Yoga (3ª, 5ª e sábado) e Tai chi chuan (4ª, 6ª e domingo), sempre das 9 às 10 horas, com 25 vagas em cada turma. Para participar basta comparecer antes do início das atividades.

Viver no Parque: fruto da iniciativa do Governo do Estado de São Paulo e realizado em convênio com  a entidade ECO – Associação para Estudos do Ambiente, o projeto oferece atividades gratuitas de arte-educação, lazer, cultura e cidadania. O objetivo é dar aos jovens e moradores da região que freqüentam o Parque da Juventude a oportunidade de vivenciar experiências e se desenvolver por meio de elementos de cultura. Desde sua implantação em dezembro de 2005, o projeto já beneficiou mais de 50 mil pessoas.

Contador de Histórias: não serão apenas as crianças que mergulharão no mundo mágico das histórias. Os adolescentes que participarem das atividades também poderão se transformar em futuros criadores e contadores de histórias. A intenção é que, no final do ano, muitos jovens estejam fazendo a alegria dos freqüentadores, com suas criações e performances.

Teatro de Fantoches: proporciona o acesso a uma das formas mais antigas de teatro, além de ministrar aulas para a construção de bonecos. Esta oficina também trabalhará a cultura popular e o estímulo aos movimentos de dedos, mãos e braços.

Recreação Circense: serão oferecidos exercícios de aquecimento e experimentação dos materiais específicos desta arte, com o objetivo de desenvolver a expressão corporal.

Vem Dançar: Ensina várias modalidades de dança : Dança de Rua, Danças Urbanas e Dança de Salão.  T em como objetivo exercitar o corpo através da dança que tem como  resultado  a desibinição, auto-confiança,  o bem estar fisico e mental devido a produção de endorfinas. Além da integração entre todas as idades. As oficinas ministradas resulta em  coreografias de diversos ritmos.

Jardinagem: além de ministrar noções de jardinagem, esta atividade trabalhará questões básicas, como a conscientização do jovem e o apoio à manutenção dos espaços verdes do Parque da Juventude, que podem até ser recuperadas durante as oficinas. Outra ação a ser trabalhada é a doação de mudas para replantio a fim de incentivar a preservação ambiental e a prática da cidadania.

Arte Sucata: noções de aproveitamento de materiais descartáveis e novos usos como elementos artísticos ou utilitários são algumas das propostas desta oficina, além de estimular a consciência ecológica entre os participantes durante o desenvolvimento das aulas.

Construindo o Lazer: lições e práticas para a construção de brinquedos, jogos e instrumentos musicais, entre outros, são alguns dos destaques desta oficina, que trabalha com o aproveitamento de materiais descartáveis, lidando com o lúdico e a conscientização.

Capoeira: mistura de dança e luta nascida nas senzalas, a capoeira serve de instrumento para o resgate cultural das raízes afro-brasileiras e exercício de cidadania.

Tai Chi Chuan: através de movimentos circulares e respiratórios, a atividade busca auxiliar o alongamento do corpo e a ativação da circulação do praticante, relaxando os músculos e oferecendo uma melhor qualidade de vida.Yoga: por meio de exercícios de relaxamento, busca a tranqüilidade mental, concentração, clareza de pensamento e percepção interior juntamente com o fortalecimento do corpo físico e o desenvolvimento da flexibilidade dos partipantes.

Serviço:

PROJETO VIVER NO PARQUE – Parque da Juventude

Oficinas de lazer e cultura: 2.000 vagas sábados e domingos

Horários: sábados e domingos, das 9h às 13h; e das 14h30 às 17h30.

Capoeira (5ª. e sábado), Yoga (3ª, 5ª e sábado) e Tai chi chuan (4ª,

6ª e domingo.): 25 vagas por dia, das 9h às 10h. Inscrições gratuitas na hora

Parque da Juventude

Av. Zaki Narchi, 1309 – Santana (Metrô Carandiru)

Da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer

C.M.