Projeto Skate na Casa recebe prêmio Esporte e Cidadania

Comemoração acontece na segunda-feira, 25, no Ibirapuera

qui, 21/02/2008 - 19h48 | Do Portal do Governo

O idealizador do Projeto Skate na Casa, Sandro Soares, será um dos homenageados da primeira edição do Prêmio Esporte e Cidadania, evento organizado pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação em parceria com o Instituto de Responsabilidade Socioambiental da ADVB.

O evento, que será realizado na próxima segunda-feira, 25, às 19 horas, no Clube Monte Líbano, é destinado às entidades e indivíduos responsáveis por ações ligadas ao uso social do esporte no ano de 2007.

Dentre os premiados, está o empresário Abílio Diniz, presidente do Grupo Pão de Açúcar, além de atletas consagrados como a judoca Maria de Lourdes Portela e o boxeador Giovanni Andrade, campeão mundial da categoria Super-Galo.

O evento também será prestigiado por personalidades da área esportiva e musical, como a campeã mundial de Basquete Magic Paula e o líder da banda Charlie Brown Jr, Chorão, que entregará o prêmio a Sandro.

Sandro Soares

O skatista Sandro Soares dos Santos, 29 anos, aproveitou uma visita que fez a internos da extinta Febem do Tatuapé, em 2000, para idealizar um projeto grandioso. Na ocasião, Testinha, como é conhecido, foi convidado a assistir uma apresentação de skatistas profissionais para internos daquela unidade.

“Os garotos só assistiam aos malabarismos dos profissionais. Mas eu via em seus olhos que queriam fazer aquilo também”, afirma Testinha. Empolgado com a visão, Sandro começou a percorrer o município de Poá (São Paulo), voluntariamente, dando instruções de skate para crianças e jovens em situação de risco social.

Neste período, a antiga Febem (atual Fundação Casa) interessou-se pela pioneira proposta e passou a contar com aulas periódicas de Sandro aos internos da unidade Tatuapé. Em 2004, o projeto obteve expansão para toda a capital e algumas cidades do interior.

Subterfúgio para manter-se distante dos males sociais, o skate também foi de fundamental importância na vida de Sandro durante a infância. “Com pai e mãe trabalhando fora, ficava na rua, a mercê de tudo que acontece nas periferias. Mas o skate me deixou fora das coisas ruins e me aproximou das boas”, explica.

Hoje a missão de Sandro, segundo ele mesmo, não é formar atletas de ponta: apenas cidadãos campeões. Para explicar, ele utiliza uma simples metáfora. “Levamos várias tombos, na vida e no skate. Na vida, logo no primeiro tombo muitos querem jogar tudo para o alto a desistir. Só que no skate ninguém desiste tão fácil”, diz Sandro. “Isto é, na vida como no skate, caiu, tem que levantar.”

Serviço

Entrega do Prêmio Esporte e Cidadania

Data: segunda-feira, 25

Horário: a partir das 19 horas

Local: Av. República do Líbano, 2267, Ibirapuera

Da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania