Primeira-dama Lu Alckmin acompanha aula inaugural da Padaria Artesanal

A meta do Fundo Social é capacitar 600 pessoas por mês, totalizando mais de 5 mil alunos/ano

seg, 14/03/2011 - 12h00 | Do Portal do Governo

(Atualizado às 17h55)

“Melhor do que dar o pão é ensinar a fazer”, com esta definição, que é também o slogan do programa, a presidente do Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Lu Alckmin, acompanhou nesta segunda-feira, 14, a aula inaugural da Padaria Artesanal, no Palácio dos Bandeirantes. O curso tem duração de um dia (das 8h às 17h) e foi realizado em uma cozinha equipada com o kit da Padaria Artesanal e utensílios. Sílvia Domingos, esposa do vice-governador Guilherme Afif Domingos, também esteve presente ao evento.

As aulas são ministradas por técnicos de nutrição da Secretaria de Agricultura que elaboraram a metodologia, as receitas e o material didático. “A gente não ensina apenas a fazer o pão, nós levamos noções de ética, cidadania, saúde e higiene. Porque higiene é saúde. Essas pessoas que nós capacitamos, muitas vão trabalhar em padarias, restaurantes e hotéis. Então, é capacitar o ser humano para o trabalho”, disse Lu Alckmin.

No período da manhã, a turma, formada por 14 alunos, aprendeu desde técnicas básicas para o preparo dos pães artesanais até dez tipos de receitas simples, elaboradas a partir do aproveitamento de vegetais (como hortaliças e frutas).

Agora no período da tarde, eles colocam as mãos na massa e testam todas as receitas que aprenderam. Ao todo, são dez tipos de pães: integral, de cenoura, de maçã, de batata, caseiro, recheado com frios, de forma, de fubá, de mandioca e rosca estrela.

A meta do Fundo Social é capacitar 600 pessoas por mês, totalizando mais de 5 mil alunos por ano.

Quem pode participar

Para participar, basta ter mais de 18 anos. Todos os alunos recebem material didático, alimentação e certificado de conclusão. As entidades assistenciais e fundos municipais que fazem encaminhamento para capacitação e ainda não tem uma Padaria Artesanal receberão um kit.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone: (11) 2193-8969. É necessário apresentar o RG no dia que for participar do curso.

Sobre a Padaria Artesanal

A Padaria Artesanal foi implantada pela primeira-dama Lu Alckmin em junho de 2001. O objetivo do programa é formar agentes multiplicadores através da capacitação de duas pessoas por entidade social ou fundos municipais que, ao voltarem para suas comunidades, terão o compromisso de transmitir os conhecimentos e habilidades adquiridas a outras pessoas.

O Fundo Social recebe os equipamentos da iniciativa privada e os doa as entidades assistenciais e fundos municipais. Os kits são compostos por  um forno inox, batedeira, liquidificador, balança, assadeiras de alumínio e botijão de gás.

De 2001 até o momento, foram doados mais de nove mil Kits a entidades assistenciais, fundos municipais e escolas que integravam o programa “Escola da Família”. Neste período, foram capacitados mais de 20 mil agentes multiplicadores no Estado de São Paulo, além de pessoas vindas de 17 estados brasileiros e outros dois países, Paraguai e Angola.

Do Fussesp