Polícia Militar de São Paulo vai receber 410 novos bafômetros

Os novos bafômetros serão destinados, na maior parte, à Grande São Paulo e ao interior do Estado

ter, 16/09/2008 - 8h47 | Do Portal do Governo

A Polícia Militar do Estado de São Paulo adquiriu, por meio de licitação, mais 410 etilômetros – comumente conhecidos por bafômetros. Com investimento de R$ 2,3 milhões por parte do governo do Estado, os aparelhos deverão ser entregues à PM entre 60 e 90 dias. A corporação é responsável, desde o ano passado, pela realização da Operação Direção Segura.

A licitação foi vencida pela importadora Ribco do Brasil, que representou os produtos da empresa americana Intox Imeters. O preço final de cada unidade do etilômetro ficou abaixo do de referência (considerado o valor de mercado): foi de R$ 6.500 para R$ 5.680.

Os novos bafômetros serão destinados, na maior parte, à Grande São Paulo e ao interior do Estado, num total de 308, e mais 102 para a capital. Com isso, todas as cidades com mais de 20 mil habitantes terão um bafômetro próprio.

Estradas – Em junho, a Polícia Rodoviária recebeu 62 bafômetros comprados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Com a aquisição, que quadruplicou o número de etilômetros disponíveis, as ações da Operação Direção Segura nas estradas estaduais passaram a utilizar 79 equipamentos. Todo pelotão de Polícia Rodoviária conta com pelo menos um bafômetro.

Na capital, a PM mais que quadruplicou sua capacidade de fiscalização dos casos de embriaguez ao volante, ao receber lote de 40 bafômetros da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). No momento, a PM dispõe de 51 equipamentos na capital, todos operados pelo Programa de Policiamento de Trânsito. Hoje, em todo o Estado, a PM está equipada com 158 aparelhos.

Da Secretaria da Segurança Pública

(M.C.)