Nossa Caixa: Banco lança crédito imobiliário com prestações fixas e com vantagens para servidores

Financiamentos com reajuste de prestações e saldo devedor também estão mais baratos e prazos mais longos

sáb, 16/12/2006 - 17h56 | Do Portal do Governo

A rede de agências da Nossa Caixa passa a oferecer desde a última quarta-feira, 13 de dezembro, financiamento imobiliário com taxa de juros pré-fixada.

O novo plano de prestações fixas permite ao comprador planejar o pagamento do imóvel ao longo de todo o contrato e, assim, melhor controlar seu orçamento doméstico. Para funcionários públicos as taxas de juros são menores e o financiamento pode chegar a 100% do valor do imóvel.

As taxas de juros anuais são definidas em função do prazo de financiamento contratado. Empréstimos de até 10 anos têm taxa anual de 11,5% ao ano; 12,5% para contratos de até 15 anos e 13,23% para financiamentos de até 20 anos.

Para os demais clientes, os prazos são os mesmos. As taxas de juros anuais são de 12,5% (até 10 anos); 13,5% (até 15 anos) e 14,2315% (até 20 anos). Para estes clientes, a parcela máxima de financiamento é de até 80% para imóveis avaliados em até R$ 150 mil e de 70%  para imóveis acima desse valor.

Plano com Reajuste

Os planos tradicionais disponíveis com prestações e saldo devedor corrigidos pela TR com base na remuneração básica dos depósitos de poupança (TR) abrangem contratos vinculados ao SFH e Taxa de Mercado.

Na modalidade Taxa de Mercado, o prazo de financiamento foi alongado, de 15 para 20 anos e a taxa de juros recuou de 15% para 12% ao ano. Foram mantidas as demais faixas de taxa de juros. Nas 36 prestações iniciais, imóveis de R$ 40 mil pagam juros anuais de 7%; para imóveis de até R$ 100 mil, os juros são de 8%; e imóveis com valor até R$ 150 mil pagam 10% ao ano. A partir da 37ª prestação, os juros passam a ser de 12% ao ano. Financiamentos de imóveis com valor acima de R$ 150 mil têm juros de 12% ao ano desde o início do contrato

Também nessa modalidade, as condições são mais atrativas para funcionários públicos, que terão taxa de juros de 11% ao ano a partir da 37ªa prestação e, para financiamento de imóveis com valor superior a R$ 150 mil, os juros de 11% ocorrem desde o início de vigência do contrato. O imóvel pode ser integralmente financiado desde que as prestações não ultrapassem o equivalente a 20% da renda familiar.

A Nossa Caixa também passa a financiar as despesas referentes aos custos cartorários e ITBI – Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis, quando solicitado pelo cliente.

Financiamento para obras

As condições para financiamento destinado à construção, término de construção ou reforma também foram modificadas tanto nos empréstimos com parcelas fixas quanto nos planos que prevêem reajustes. Do mesmo modo que ocorre com imóveis, esse tipo de operação conta com condições mais vantajosas para funcionários públicos.

Financiamento de Despesas Cartorárias e ITBI

Os clientes da Nossa Caixa também podem financiar, caso queiram, as despesas referentes aos custos cartoriais e ao ITBI – Impostos sobre Transmissão de Bens Imóveis.

FGTS

O banco continua operando as linhas de crédito com repasse de recursos do FGTS direcionados a famílias com renda de até R$ 4,9 mil. Nesse caso, as taxas de juros variam de 6% a 10,16% e são definidas em função da renda familiar do tomador do empréstimo. Para imóveis de até R$ 100 mil, o financiamento é de até 90% do valor do imóvel e pode ser feito pelo prazo de até 20 anos.

Da Nossa Caixa