Museu Felícia Leirner tem programação especial nas férias

Museu oferece programação especial nas redes sociais durante o mês de janeiro

qua, 06/01/2021 - 8h52 | Do Portal do Governo

Durante as férias de verão, o Museu Felícia Leirner , em Campos do Jordão, oferece uma programação especial nas redes sociais. Todos os eventos são gratuitos. Confira as atrações e os horários abaixo:

Baú de Folias Apresenta Folia de Reis Luz de Belém: 9/01 (sábado)O Baú de Folias, de São Bento do Sapucaí (SP), apresentará um cortejo por alguns lugares públicos como praças parques e espaços culturais, demonstrando e apresentando um pouco da Folia de Reis, suas funções, objetivos, como é essa manifestação e o que acontece em cada uma das visitas. A Folia de Reis Luz de Belém foi organizada pelo artista e moradores do município, Fábio Miguel, em 2015. Desde então, de 24 de dezembro a 6 de janeiro, a folia caminha pelas ruas da cidade entoando louvores ao Menino Deus, visitando casas e presépios, com música, danças e cantorias. A Folia de Reis, ou Reisado, é uma manifestação religiosa popular comemorada no dia de Santos Reis, 6 de janeiro, e representa a passagem dos Reis Magos Baltazar, Belchior e Gaspar, em visita ao Menino Jesus.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h

Ideia Passarinha – Poesia (In)Completa para Crianças com Fernanda Sander: 10/01 (domingo)
O espetáculo Ideia Passarinha traz uma cuidadosa seleção das canções mais conhecidas pelas crianças em um nível nacional. O repertório é composto de músicas que ampliam as poéticas da infância ao tratar de assuntos pertinentes ao imaginário da criança pequenina. Os assuntos são variados, como medos, animais, crescimento, universo. Ao lado de grandes nomes da música paulista (os multi-instrumentistas Romulo Scarinni e Moringa), a cantora Fernanda Sander convida o público a brincar, a rir e a se emocionar e dialogar com a plateia por todo o tempo, ao apresentar instrumentos, reinaugurar timbres e acessórios em cena.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 11h

Grupo êBA! Apresenta Boi Bumbá – Narração em Português e Libras: 16/01 (sábado)
Nesta live, com muita dança, brincadeiras e música, o gRUPO êBA! compartilhará a trajetória de Catirina e Francisco, história conhecida dos contos de tradição popular do Brasil. Esses tão famosos personagens, em busca de reviver o Bumba meu Boi, levarão as crianças pelas riquezas da cultura maranhense e do nordeste brasileiro. A apresentação é narrada em formato bilíngue (em português e Libras), na qual tudo deve fazer sentido para aqueles que ouvem e que não ouvem. Para isso, os gestos, ritmos corporais, vibrações e recursos visuais são usados e abusados, para que todos possam participar.
Onde assistir: Facebook
Horário: 15h (ao vivo)

Duo Rios Araújo: 17/01 (domingo)
O Duo Rios-Araújo foi criado em 2017 pela violinista mineira Geiciane Rios e pelo violonista paulista Adailson Araújo. No domingo, a dupla apresentará um repertório original e transcrições de obras diversas para violino e violão. O repertório permeia a valorização e pesquisa da música popular e brasileira, sem abandonar o tradicional consagrado para essa formação.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 11h

Grupo Ziriguidum Apresenta Ciranda de Histórias: 23/01 (sábado)
Nessa “ciranda”, o público é convidado a desfrutar do prazer da leitura, vivenciar as narrações da cultura oral, o encontro com grandes autores, as Rodas de Verso, as Cantigas e Brincadeiras da Cultura Tradicional da Infância. Despertando o gosto pela leitura, brincando com as histórias, cantando o nosso Brasil, o Grupo Ziriguidum, formado por Fabiana Fonseca, Marília Maia e Rodrigo de Carlis, inclui todos numa experiência que ressignifica a misteriosa relação entre o humano e universo imaginário. A pesquisa do universo da cultura tradicional da infância se faz constante na trajetória do Grupo Ziriguidum que apresentará a atividade “Bora Brincar?”. O brincar, a musicalidade da infância e as memórias brincantes são base para a construção desse espetáculo musical dedicado especialmente à valorização da cultura da infância. Nesse novo trabalho, parte do Projeto “Ô de Casa– memórias, brincadeiras e folias” contemplado pelo Edital de Linguagens Artísticas do FMAPC Fundo Municipal de Apoio às Políticas Culturais da Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, o grupo visitou Gilce, uma mestra brincante, Pindamonhangabense de coração, que está sempre cantarolando bonitas melodias que viveu em sua infância em São Luís, Maranhão (MA).
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h

 Dançando sobre Rodas: 24/01 (domingo)
A proposta da Cia Dançando sobre Rodas é trazer um espetáculo de interação entre o Museu e a dança, proporcionando a mistura de corpos, paisagens, obras e público. Os bailarinos Julia Mariano, Fabiana Lofrano e Mateus Vasconcellos farão uma apresentação especial gravada nas alamedas do Museu Felícia Leirner.  O grupo surgiu, em 2016, com o objetivo de resgatar pessoas com deficiência por meio da dança, sendo a única companhia do Vale do Paraíba que trabalha com dança inclusiva.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 11h

Contos em Cantos e Encantos de Um Povo com Tia Nastácia e Tio Barnabé: 30/01
Tia Nastácia e Tio Barnabé, da obra de Monteiro Lobato, expõem os costumes, as crenças e as verdades do povo afro-brasileiro por meio de uma apresentação musical. Os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo mostrarão canções dos mais derivados ritmos folclóricos brasileiros como samba, maracatu e o jongo que retratam a história, vivências e crendices populares, com os personagens interpretando canções que trazem a história e a trajetória do povo negroTia Nastácia e Tio Barnabé, da obra de Monteiro Lobato, expõem os costumes, as crenças e as verdades do povo afro-brasileiro por meio de uma apresentação musical. Os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo mostrarão canções dos mais derivados ritmos folclóricos brasileiros como samba, maracatu e o jongo que retratam a história, vivências e crendices populares, com os personagens interpretando canções que trazem a história e a trajetória do povo negro.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h

Cia GRIOT Apresenta A Lenda do Guapuruvu: 31/01 (domingo)
Num diálogo bem humorado entre o relato teatral e os sons instrumentais, o espetáculo comandado pela Cia Griot conta a história do grande guerreiro Guapuruvu e sua amada, a mãe do ouro, e como, deste amor, surgiu a árvore de mesmo nome, abundante no Vale do Paraíba. A partir deste bate-papo desenvolve-se o tema da relação do homem com a natureza e a importância da preservação ambiental. O Grupo é formado por Silvia Nery, relato e voz; Denilson de Paula, percussão e sonorização; e André Pontes, técnico de som.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h