Metrô: 20 estações do Metrô ganham desfibriladores

Equipamentos são usados nos primeiros socorros a pessoas com problemas cardíacos

seg, 14/08/2006 - 8h12 | Do Portal do Governo

Desde o  dia 8 último, as 20 principais estações do Metrô contam com 20 desfibriladores, equipamentos para serem usados nos primeiros socorros a pessoas com problemas cardíacos. Para o atendimento aos usuários, foram treinados 354 funcionários do quadro operativo e, até o final de outubro, mais 156 metroviários estarão habilitados, totalizando 510 empregados treinados.

O treinamento aos funcionários do Metrô, iniciado em dezembro de 2005, foi dado por profissionais do Centro de Treinamento em Emergências do INCOR. A preocupação do Metrô foi capacitar, no mínimo, dois funcionários por escala de serviço, em cada uma das vinte estações, de modo que sempre existam empregados em condições de prestar o atendimento durante a operação comercial.

Os desfibriladores estarão disponíveis nas estações Sé, que faz a integração das linhas 1- Azul (Jabaquara-Tucuruvi) e 3- Vermelha ( Corinthians/Itaquera-Barra Funda), e Ana Rosa, onde há a conexão das linhas 1- Azul e 2- Verde (Imigrantes-Vila Madalena). Além dessas estações, os equipamentos também serão encontrados em Jabaquara, Santa Cruz, São Joaquim, São Bento, Luz, Tietê, Santana e Tucuruvi na Linha 1- Azul. Na Linha 3- Vermelha, Corinthians/Itaquera, Artur Alvim, Carrão, Tatuapé, Belém, Brás, Anhangabaú, República e Barra Funda. Na Linha 2- Verde, em Consolação.

É importante destacar que o Metrô é um dos primeiros serviços públicos a contar com esse recurso. Os desfibriladores e o treinamento dado aos funcionários do Metrô têm o objetivo de aprimorar o atendimento de primeiros socorros nas estações metroviárias”, afirma Maurício Monteiro Alves, coordenador de Saúde e Qualidade de Vida do Metrô.