Meio Ambiente: Trilha da Nascente do Riacho do Ipiranga será entregue no dia 4 de junho

Com 360 metros de extensão e três áreas de observação, a trilha foi planejada para ser um instrumento de educação ambiental

seg, 29/05/2006 - 16h39 | Do Portal do Governo

O Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria da Casa Civil e a do Meio Ambiente, inaugura no dia 04 de junho, às 11h, como um dos eventos comemorativos da Semana do Meio Ambiente, a Trilha da Nascente do Riacho do Ipiranga, no Jardim Botânico de São Paulo localizado no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga.

A trilha, implantada no interior do terceiro maior fragmento de Mata Atlântica do Município de São Paulo que, até então era utilizado somente para pesquisas científicas, foi planejada para ser um importante instrumento de educação ambiental.

Com 360 metros de extensão e três áreas de observação, a caminhada permitirá ao público percorrer inicialmente um trecho de mata em recuperação, devido à proliferação de uma espécie de bambu, para em seguida, ladeando o Riacho, passar por uma magnífica área de grande concentração de palmitos, árvores imensas, cipós, bromélias e, com um pouco de sorte, avistar animais como macacos, tucanos e preguiças até chegar à nascente onde se vê a água límpida brotar do chão.

Concebida para possibilitar o acesso e a percepção do ambiente à maior quantidade de pessoas, inclusive as idosas e com limitação de mobilidade, que necessitam de bengalas, cadeiras de roda etc, a trilha, além de facilitar o ingresso à mata, tem uma enorme importância cívica, pois permitirá ao visitante caminhar junto às margens e atingir uma das nascentes do Riacho do Ipiranga, palco de nossa independência, em um de seus trechos que se encontram totalmente preservados.

Como um deque de madeira sobre uma estrutura de eucalipto de reflorestamento, a trilha foi projetada e construída de forma a não causar impactos negativos na mata. Todas as árvores foram mantidas, inclusive várias delas ultrapassando o piso, as mudas de espécies vegetais importantes foram identificadas e replantadas na mata e, devido ao fato da trilha, em toda sua extensão ser totalmente elevada (chega a atingir 04 metros de altura), não haverá contato do visitante com o solo.

Também para permitir o acesso de pessoas idosas e com limitação de mobilidade, o Jardim Botânico de São Paulo adquiriu um veículo elétrico que estará disponível na portaria da instituição. Além disso, o caminho que leva o público até o início da trilha elevada foi pavimentado com solo-cimento, uma tecnologia que usa a terra do local adicionada a cimento e garante suas características rústicas de textura e cor.

Completando as ações de melhoria do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga o Jardim Botânico providenciou a reforma das calçadas da Avenida Miguel Estéfano que ganharam gramados e jardins em grande parte de sua extensão que corta o Parque.

Estas novas atrações foram viabilizadas graças aos esforços do Governo do Estado de São Paulo para ampliar as opções de educação, lazer e inclusão social no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, por meio do Programa Multisetorial ECOPEFI do qual participam todas as instituições que coabitam este Parque. Mais informações: www.ecopefi.sp.gov.br.