Mais 675 famílias da capital recebem moradias do MDR e Secretaria da Habitação

Os apartamentos de três empreendimentos entregues beneficiam cerca de 2.700 pessoas

qui, 03/12/2020 - 20h21 | Do Portal do Governo

O sonho da casa própria se transformou em realidade para 675 famílias da Capital com a entrega de moradias populares por meio da parceria da Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo, Ministério do Desenvolvimento Regional e Prefeitura municipal, beneficiando cerca de 2.700 pessoas.

Ao longo do mês de novembro foram entregues de forma virtual e administrativa as unidades habitacionais de três empreendimentos: Conjunto Habitacional Anchieta A e B (176 apartamentos de um total de 376, sendo 200 entregues anteriormente); C.H. Manuel Bueno I (257 moradias de um total de 300, com 43 a entregar); e Residencial Osório B (242 unidades de um total de 300, com 58 a entregar). Os 975 imóveis desses três empreendimentos beneficiam cerca de 2.700 pessoas.

Conjunto Habitacional Anchieta A e B

 Foram investidos R$ 47 milhões. Desses, R$ 7,2 milhões foram aportados pela Casa Paulista, agência de fomento destinada à construção de moradias populares ligada à Secretaria da Habitação. A Caixa destinou R$ 36,1 milhões e a prefeitura R$ 3,7 milhões. O habitacional, localizado na Rua Ritzieri Negrini, s/nº, bairro São João Clímaco, é composto de 376 apartamentos com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Conta com paisagismo, área de lazer, playground, centro comunitário e quadra poliesportiva.

Conjunto Habitacional Manuel Bueno I 

Tem aporte da Casa Paulista de R$ 6 milhões, aplicação de R$ 28,8 milhões da Caixa e recurso municipal de R$ 3 milhões, totalizando investimentos de R$ 37,8 milhões. O empreendimento está localizado na Rua Manuel Bueno da Fonseca, 212, no Itaim Paulista. Os 300 apartamentos têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, paisagismo, área de lazer, playground, quadra poliesportiva e centro comunitário e infraestrutura completa.

Residencial Osório B

Localizado na Rua Osório Franco Vilhena, 691, Vila Curuçá, tem investimento total de R$ 40 milhões, dos quais R$ 8,2 milhões da Casa Paulista, outros R$ 3 milhões da prefeitura e R$ 28,8 milhões da Caixa. São 300 apartamentos com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, infraestrutura completa, área de serviço, paisagismo, área de lazer, playground, quadra poliesportiva e centro comunitário e infraestrutura completa.

Entregas administrativas em todo o Estado

Durante o mês de outubro também foram entregues moradias da CDHU e da Casa Paulista de forma administrativa e virtual em vários outros municípios do Estado de São Paulo: Jaú: Conjunto Habitacional Cidade Alta II, 222 unidades habitacionais; Álvares Florence: C. H. Álvares Florence H, 107 uhs; Vinhedo: C.H. Vinhedo H, 96 uhs; Ubatuba: C.H. Ubatuba G (230 uhs); Santa Branca: C.H. Santa Branca B, 66 uhs; Paulistânia: C.H. Paulistânia F, 10 uhs; São Joaquim da Barra: C.H. São Joaquim da Barra D, 41 uhs; e Cardoso: C.H. Cardoso H, 100 uhs.