Limeira recebe o 4º Festival Paulista de Circo a partir de 6 de abril

A programação é gratuita e a diversão é garantida para todas as idades

qua, 30/03/2011 - 8h00 | Do Portal do Governo

Toda a magia dos palhaços, mágicos, malabaristas, que encanta adultos e crianças chega a Limeira (150 km de São Paulo) pelo quarto ano consecutivo. Entre os dias 6 e 10 de abril, a cidade conhecida como a “Capital Nacional do Circo”, recebe o 4º Festival Paulista de Circo no Centro Municipal de Eventos. A programação é gratuita e a diversão é garantida para todas as idades.

O 4° Festival Paulista de Circo é promovido pelo Governo de Estado e apresenta novidades para os artistas circenses. Ao todo serão mais de 100 atrações envolvendo 500 artistas. Durante o festival, a Secretaria da Cultura apresenta o projeto do Circo São Paulo, lona fixa que visa receber na capital grandes espetáculos circenses.

A abertura do festival fica por conta do espetáculo inédito “Os Retornados”, criado por artistas que moravam fora do Brasil, trabalhando em grandes trupes e que acabam de retornar ao País. A apresentação será realizada na quarta-feira, 6, às 20h, na lona Piolin. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência.

Promovido pela Secretaria da Cultura de São Paulo, em parceria com a Prefeitura e Secretaria de Cultura de Limeira, a Cooperativa Paulista de Circo e em coprodução da APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte, o festival traz espetáculos tradicionais como Circo Stankovitch, Picoly, Circo de Ébanos, e contemporâneos como Circo Vox, Circo Zanni, Cia Paraládosanjos, Grupo Namakaca, entre outros.

Os investimentos do Estado na arte circense, porém, não param no festival. Após o palhaço Picoly ter recebido o troféu “Governador do Estado”, contemplando a categoria circo, durante o evento será lançado o projeto do Circo São Paulo. “Vamos montar uma lona fixa na capital para receber espetáculos circenses dos mais variados gêneros, da mesma forma que acontece com os teatros e casas de shows que a metrópole abriga. Além do espaço para apresentações, os artistas circenses vão poder usar o espaço para treinamento e ensaios. O Circo São Paulo será instalado no parque Belém, antiga sede da FEBEM, um projeto relevante e histórico para o Estado”, afirma o secretário da Cultura, Andrea Matarazzo.

Programação Festival 

O mundo do circo vai se encontrar em 122 mil m², divididos em quatro lonas de capacidades diferentes. Grandes palhaços brasileiros como Piolin, Arrelia, Pimentinha e Carequinha batizam os espaços que recebem a programação. Também serão realizadas apresentações nas traves (acrobacias e números aéreos), no espaço aberto para intervenções artísticas e ainda no emocionante Globo da Morte. Toda essa programação ganha reforço com a lona Limeira, dedicada aos artistas locais. “Atendemos assim a uma demanda da cidade, conhecida por ser um celeiro de novos talentos circenses”, afirma Matarazzo.

O festival ganha força entre a classe artística. Para Hugo Possollo, criador do grupo Parlapatões e membro da comissão de seleção do evento, o movimento circense vem sensibilizando o poder público. “O circo se valorizou pela luta da classe e também pelos artistas brasileiros que estão fazendo muito sucesso nas trupes espalhadas pelo mundo. Fazer parte deste festival é realmente muito significativo pra mim”, afirma o ator e diretor.

Confira a programação completa do 4° Festival Paulista de Circo

4º Festival Paulista de Circo
Datas: de quarta-feira a domingo (6 a 10 de abril)
Local: Centro Municipal de Eventos de Limeira (Rua Maria Tereza de Barros Camargo, 1525 – Limeira. Referência: segunda entrada no Anel Viário; Próximo a UNICAMP, novo campus)
Como chegar: de São Paulo, siga pela Rodovia dos Bandeirantes até o fim e continue pela Rod. Anhanguera (SP-330) até o km 153; ou siga direto a partir da Rod. Anhanguera. Limeira está localizada junto ao entroncamento das Rodovias Anhanguera, Washington Luiz (SP-310) e Rodovia Mogi Mirim/Piracicaba (SP-134)
Lonas
Lona Piolin: espetáculos com 60 minutos de duração – 800 lugares
Lona Arrelia: espetáculos com 60 minutos de duração – 450 lugares
Lona Pimentinha: oficinas, espetáculos de números circenses e espetáculos de 60 minutos de duração – 300 lugares
Carequinha (pavilhão): oficinas de recreação e acrobacias – 450 lugares
Lona Limeira: apresentações exclusivas de artistas locais – 350 lugares
Traves para números aéreos, Globo da Morte e Pêndulo
Ingressos: toda a programação é gratuita (retirada das entradas na bilheteria do Festival com uma hora de antecedência de cada espetáculo)
Estacionamento:
grátis (500 vagas)
Agendamento para grupos escolares e instituições: espetáculos dos dias 7 e 8 de abril – (19) 3442 6539 / (19) 3445 1341 (Erika dos Santos ou Ana Paula Vaz Silva)

Da Secretaria da Cultura