Lazer: “Viver no Parque” com oficinas de contadores de histórias e teatro de fantoches para garotada

Final de semana com muitas atrações

sex, 27/10/2006 - 18h42 | Do Portal do Governo

Uma boa opção de lazer gratuito para o final de semana é o Projeto “Viver no Parque”, da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer do Estado de São Paulo, que oferece uma programação especial para a garotada.

Neste sábado (28) e domingo (29/10), a partir das 9horas, os pequenos vão aprender malabarismo, laço de laçada, fita e laço de giro falso. Além da diversão, essas atividades contribuem para o desenvolvimento da coordenação motora, trabalham com o reflexo e concentração e aumentam a consciência espacial das crianças.

Outra opção para a turminha é assistir e participar das sessões do contador de histórias Cláudio Oliveira, que inclui em seu vasto repertório, os melhores clássicos infantis. Além de ouvir, a garotada poderá participar de uma das histórias. Poderá também assistir ao teatro de fantoches ou participar da oficina de dança com cantigas de rodas, entre outras opções.

Depois de todas essas atividades os pequenos poderão ainda andar de bicicleta e descansar debaixo das árvores remanescentes da Mata Atlântica.

Por meio destas vivências, os jovens terão um contato mais estreito com diversos tipos de linguagens, técnicas e idéias, ajudando a desenvolver sua capacidade de interferir e interagir. A idéia é despertá-los para uma nova postura perante a sociedade, orientar o desenvolvimento pessoal de cada participante e permitir que descubram um novo caminho nas atividades culturais, contribuindo, assim, para a redução da violência.

A integração social, através das artes, é uma das metas do programa, que pretende diversificar as ações já desenvolvidas a fim de ampliar a freqüência do público. Para isso, a Secretaria pretende manter regularmente espaços definidos no interior do Parque, nos quais o público poderá praticar diferentes atividades nos finais de semana.

O PROJETO

Fruto de iniciativa da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer e realizado em convênio com  a entidade ECO – Associação para Estudos do Ambiente, o projeto oferece atividades gratuitas de arte-educação, lazer, cultura e cidadania. O objetivo é dar aos jovens, de 12 a 24 anos, e aos moradores da região que freqüentam o Parque da Juventude, a oportunidade de vivenciar experiências e se desenvolver por meio de elementos de cultura.

São nove oficinas ministradas até o início do de 2007: Contadores de Histórias, Noções de Jardinagem, Recreação Circense, Dança, Arte Sucata, Construindo o Lazer e Teatro de Fantoches, além de Yoga e Tai Chi Chuan. As sete primeiras acontecem aos sábados, domingos e feriados, disponibilizando mil vagas por dia. Já as aulas de Yoga e Tai Chi Chuan são realizadas de terça e quinta, e quarta e sexta, das 9 às 10 horas, respectivamente, com 25 vagas. Para participar basta comparecer antes do início das atividades. A expectativa é atender nesta fase aproximadamente 58 mil pessoas.

Projeto Viver no Parque

Oficinas de lazer e cultura: 2.000 vagas sábados e domingos

Horários: sábados e domingos, das 9h às 13h; e das 14h30 às 17h30.

Yoga (3ª. e 5ª.) e Tai chi chuan (4ª. e 6ª.): 25 vagas por dia, das 9h às 10h.

Serviço:

Inscrições gratuitas

Parque da Juventude

Av. Zaki Narchi, 1309 – Santana (Metrô Carandiru)

Informações nos sites: www.sejel.sp.gov.br e www.juventude.sp.gov.br

Da Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer

C.M.