Justiça: Junta Comercial assina convênio com Crea

Evento foi realizado nesta quinta-feira, dia 22

sex, 23/12/2005 - 10h57 | Do Portal do Governo

O secretário-adjunto da Justiça, Marcio Bueno, participou nesta quinta-feira, 22 de dezembro, da assinatura de convênio entre a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp) e o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de São Paulo (Crea).

A parceria disponibilizará o acesso a cerca de 4 milhões de empresas cadastradas na Jucesp, o maior banco de dados empresariais da América Latina. O Crea também poderá fiscalizar as empresas cujas atividades nas áreas de engenharia, arquitetura e agronomia não tenham registro comprovado na entidade.

Marcio Bueno lembrou que esta é uma reivindicação antiga da categoria dos engenheiros. Ele afirmou ainda que o acesso ao banco de dados é gratuito e visa integrar o serviço público à sociedade. “Servidor público, como o próprio nome indica, é para servir”, enfatiza o adjunto. A Jucesp, órgão ligado à Secretaria da Justiça, “é uma caixa de ressonância dessa categoria”, disse.

A cerimônia foi realizada na sede do conselho regional, na capital paulista. Além do secretário-adjunto, compuseram a mesa os presidentes da Jucesp, Armando Luiz Rovai e do Crea, José Eduardo de Paula Alonso, o presidente eleito do Crea, José Tadeu da Silva, e o deputado federal Antonio Carlos Mendes Thame.

José Tadeu da Silva assinalou a importância do convênio para São Paulo. “Isto vai permitir que saibamos de todas empresas cadastradas no Crea e impedir que aquelas não registradas coloquem em risco a população, em descumprimento à lei.” “Será bom principalmente para os profissionais da área tecnológica e para a sociedade que utiliza”, conclui.

Em seguida houve a sessão plenária especial de posse do presidente eleito, que contou com a presença, além do presidente do Crea, do 1º diretor-secretário do órgão, José Cassiano, e do secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, Walter Caveanha.

 

Secretário-adjunto discursa durante assinatura do convênio. À esquerda,o presidente do Crea, José Alonzo, à direita, o presidente recém-empossado do conselho, José Tadeu da Silva, e o deputado federal Mendes Thame.

Lauro Marques, da Secretaria da Justiça