Ipem-SP divulga resultados finais da Operação Botica

Quatro empresas foram autuadas por erros encontrados durante fiscalização

ter, 22/03/2011 - 8h00 | Do Portal do Governo

Durante a Operação Botica, realizada nos dias 17 e 18,  para examinar 160 lotes de medicamentos e outros itens coletados em farmácias e drogarias, o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça, autuou quatro empresas por erros quantitativos nos produtos.

Nos dois dias foram examinados itens como antiácidos, sprays, vitaminas, emplastros, dentre outros, nos laboratórios do Ipem-SP em São Paulo, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José do Rio Preto e São José dos Campos, simultaneamente. Os produtos considerados irregulares apresentaram quantidade menor em relação à indicada na embalagem.

“Consideramos o resultado positivo pelo baixo índice de erros encontrados. Não foram registrados erros em medicamentos, o que é bom. Mas é importante que essas quatro empresas autuadas ajustem seus controles internos para não prejudicar o consumidor, nem na saúde, nem na economia”, afirmou o superintendente do Ipem-SP, Fabiano Marques de Paula.

As empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa ao Ipem-SP, que define a multa de R$ 100 a R$ 50 mil, dobrando na reincidência. Se o comerciante não apresentar nota fiscal do produto, ele assume total responsabilidade sobre possíveis erros.

Em caso de dúvidas, reclamações ou denúncias, o consumidor pode recorrer ao serviço da Ouvidoria do Ipem pelo telefone 0800 0130522 de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: ouvidor-ipem@ipem.sp.gov.br.

No site www.ipem.sp.gov.br, além de informações sobre toda a legislação metrológica e da qualidade vigentes no país, estatísticas de fiscalização, orientações ao cidadão e empresários, o interessado pode levantar detalhes das ações diárias do instituto.

Do Ipem-SP