Governo do Estado inicia recomposição do paisagismo do Tietê

Trabalho terá duração de 12 meses e prevê o plantio de 14 mil mudas.

sáb, 22/12/2007 - 14h58 | Do Portal do Governo

O governo do Estado de São Paulo está investindo R$ 4,8 milhões no trabalho de recomposição e manutenção do paisagismo do rio Tietê, no trecho de 25 quilômetros entre a barragem da Penha e a foz do rio Pinheiros. Quatro empresas disputaram a licitação feita pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), autarquia vinculada à Secretaria de Saneamento e Energia.

O paisagismo das margens do rio Tietê é composto por mais de 140 mil árvores, palmeiras, arbustos e trepadeiras. O trabalho começou hoje, terá duração de 12 meses e prevê o plantio de 14 mil mudas que substituirão as que não se desenvolveram. As espécies incluem, entre outras, seringueira, angico-branco e vermelho, sibipiruna, pau-ferro, guabiroba, figueira-do-brejo, chorão, jatobá, ipês, quaresmeira, pau-brasil, palmeira-jerivá e primavera. O trabalho inclui remoção de lixo e entulho, manutenção da vias de acesso e de serviço e drenagem superficial.

Do DAEE

(L.F.)