Governo Covas lança sistema de mapeamento de crimes na Capital

a2equipe | 21 de setembro de 2000 |

Polícia terá acesso on line ao mapa de delitos para direcionar policiais aos pontos críticos

Pesquisa rápida, detalhada e atualizada em tempo real sobre todo tipo de crime ocorrido em qualquer base territorial da capital paulista, realizada pela internet. Esse é um dos benefícios do Infocrim, sistema de mapeamento do crime, anunciado nesta quinta-feira, dia 21, pelo secretário da Segurança Pública, Marco Vinicio Petrelluzzi. “As polícias norte-americanas não têm um sistema tão completo em termos de informações”, informou o secretário, durante exposição no Palácio dos Bandeirantes com a presença do governador Mário Covas.

O novo sistema, inédito no país, vai permitir que as Polícias, Civil e MIlitar, tenham um diagnóstico imediato das ocorrências na Capital com informações on line sobre a freqüência e incidência de delitos. “Com esses dados será possível estabelecer estratégias mais eficientes para combate e prevenção de crimes, direcionando o aparato policial para as áreas mais críticas”, afirmou Petrelluzzi.

Ao contrário de representar gastos aos cofres públicos, o Infocrim possibilitará grande economia de material e de recursos humanos na área da Segurança. “Os gastos com a implantação do Infocrim não ultrapassaram R$ 100 mil, custo dos equipamentos que foram adquiridos”, disse Petrelluzzi. Ele lembrou que o novo sistema diminui os gastos com material como o papel, antes utilizado no registro dos Boletins de Ocorrência (BO), com oito cópias cada um. Também evita o desgaste de viaturas e desvio de pessoal para recolhimento dos BOs, feitos semanalmente em toda a Capital.

Segundo o secretário Petrelluzzi, para a implantação desse sistema de mapeamento criminal, uma inovação no Brasil, grupos de policiais civis e militares fizeram cursos de treinamento no Exterior. Ele destacou que o Infocrim aumenta a capacidade de gestão da polícia e favorece o exercício da cidadania.

“A implantação do Infocrim é mais um passo importante dado pela administração Covas para assegurar a eficiência da polícia, além do aumento do número de efetivo das duas polícias, da ampliação das frotas e de equipamentos necessários ao trabalho policial no combate ao crime”, ressaltou o secretário.

Ercília Della Méa / Rogério Vaquero

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *