(Flash) – Governador Geraldo Alckmin anuncia fim do seqüestro da filha do diretor da Casa de Custódi

nd

qui, 19/04/2001 - 10h36 | Do Portal do Governo


São Paulo – Após a derrubada simbólica da carceragem do 40º DP da Vila Santa Maria, no bairro do Limão, o governador Geraldo Alckmin anunciou o fim do seqüestro de Eulália Rodrigues Pedrosa de Almeida, filha do diretor da Casa de Custódia de Taubaté, José Ismael Pedrosa. Ela foi seqüestrada na última terça-feira, dia 17, por volta das 14h30, em seu consultório. A Polícia localizou o cativeiro onde Eulália estava sendo mantida, situado entre São Vicente e Santos. Eulália passa bem. ‘Ela foi libertada ilesa, foi salva com vida. A Polícia descobriu o cativeiro e prendeu o seqüestrador em São Vicente. O Governo não transigiu às chantagens, não houve negociação. Eram chantagens absurdas’, informou Alckmin. A facção criminosa conhecida como Primeiro Comando da Capital teria reivindicado a autoria do seqüestro. O Governo do Estado manteve a postura de não negociar com integrantes do crime organizado.