Estradas: Serra da Via Anchieta é reaberta com asfalto borracha

Com investimento de R$ 7,3 milhões, Ecovias entrega serra da Via Anchieta completamente recapeada

sex, 19/05/2006 - 14h05 | Do Portal do Governo

Após quatro meses em obras, a Ecovias reabre o trecho de serra da Via Anchieta para o tráfego com novo pavimento de asfalto borracha, a partir de segunda-feira, e inicia obras de recapeamento em outros trechos da rodovia. Os 30 quilômetros de estrada, entre os KMs 40 e 55, tiveram parte de sua estrutura recuperada e ganharam nova sinalização horizontal. O pavimento preparado à base de pneus inutilizados triturados tem vida útil cerca de 40% maior que o asfalto convencional e é mais confortável para o usuário, porque provoca menos ruído e tem maior aderência, o que diminui as chances de derrapagens e reduz o “spray” causado pelos pneus em dias de chuva.

Ao todo, a Ecovias investiu R$ 7,3 milhões para recuperar o trecho, que é de vital importância para o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). As rodovias que fazem parte do SAI são as principais vias de acesso que ligam a capital paulista ao Porto de Santos e a Via Anchieta recebe, por dia, mais de 20 mil caminhões que levam toda a produção do país ao porto.

As pistas da rodovia Anchieta foram construídas em concreto na década de 40 e reconstruídas nos anos 70. Para recuperar esse pavimento, danificado pelo volume de tráfego pesado e pelos altos índices pluviométricos da região, a concessionária retirou, no ano passado, as placas de concreto que foram identificadas com estrutura danificada, para, esse ano, recapear o trecho com asfalto borracha. A remoção dessas placas implicaram em intervenções profundas, nas diversas camadas do pavimento, já que muitas delas não tinham mais qualquer função, pois não haviam sido substituídas desde a inauguração da pista.

Para realizar essas intervenções, no entanto, a concessionária precisou interditar as duas faixas da rodovia para utilização adequada dos equipamentos e para a segurança de funcionários e dos usuários do Sistema Anchieta-Imigrantes. Por isso, desde fevereiro do ano passado as pistas da Via Anchieta tiveram de ser alternadamente interditadas. Vale ressaltar, no entanto, que durante todo o período de obras, a Ecovias não registrou nenhum tipo de congestionamento na pista de subida da rodovia dos Imigrantes, em função do número de caminhões que foram desviados para essa estrada enquanto a subida da serra pela Via Anchieta permaneceu interditada.

Ao todo, foram utilizadas 27,6 mil toneladas de asfalto para recuperação do trecho: 16,3 mil toneladas de asfalto borracha e 11,3 mil toneladas de CBUQ (asfalto convencional). Assim que finalizada a pintura definitiva da sinalização horizontal, em junho, os serviços de manutenção da Anchieta serão bem menos freqüentes do que foram até hoje.

Novos trechos em obras

Finalizada a obra no trecho de serra, a Ecovias inicia, a partir da próxima semana, as obras de recapeamento, cobertura com asfalto borracha e implantação de nova sinalização na marginal sul da Via Anchieta, no trecho de Baixada, entre os KMs 58 e 65, sempre de segunda à sábado, das 6 às 18 horas. A pista opera normalmente em mão dupla. Em função disso, durante o período de obras, o tráfego nessa região fluirá somente por uma das faixas e a Ecovias realizará operações “siga e pare”. Para evitar transtornos aos usuários do Sistema Anchieta-Imigrantes, a concessionária informa que será proibido o uso do acostamento para estacionamento de veículos, principalmente caminhões, e que a Polícia Militar Rodoviária cuidará da fiscalização do local.

Em julho, os trabalhos ocorrerão na pista marginal norte, entre os KMs 10 e 18, no planalto. As obras estão previstas para começar nas férias de julho, período em que a circulação de veículos nessa região é um pouco menor, principalmente nos horários de pico. A concessionária investirá nesses trechos cerca de R$ 3,5 milhões em 2006.

Outros trechos em obras

Para a próxima semana, a concessionária mantém as obras no trecho de planalto da Anchieta, entre os Kms 24 e 27 da pista marginal sul. As intervenções ocorrerão nas próximas terça (dia 23), quarta (24) e quinta-feira (25), das 7 às 18 horas. Nesse período, uma faixa será bloqueada e outra ficará liberada ao tráfego.

Na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do KM 291, uma faixa ficará bloqueada entre às 6 horas de segunda-feira (dia 22) e às 12 horas de sábado (dia 27).

Prosseguem também as obras no trecho de planalto da rodovia dos Imigrantes, tanto na pista norte quanto na pista sul, em horários alternados, conforme tabela abaixo:

Dia 22/Maio/06 (Segunda-feira)

· Das 06:00h as 23:59h – Km 12+000 ao 14+500 – Pista Sul (faixas 3 e 4)

Dia 23/Maio/06 (Terça-feira)

· Das 00:01h as 18:00h – Km 12+000 ao 14+500 – Pista Sul (faixas 3 e 4)

Dia 24/Maio/06 (Quarta-feira)

· Das 06:00h as 23:59h – Km 14+500 ao 16+000 – Pista Norte (faixas 1 e 2)

Dia 25/Maio/06 (Quinta-feira)

· Das 00:01h as 18:00h – Km 14+500 ao 16+000 – Pista Norte (faixas 1 e 2)

Dia 26/Maio/06 (Sexta-feira)

· Das 06:00h as 23:59h – Km 14+500 ao 16+000 – Pista Norte (faixas 3 e 4)

Dia 27/Maio/06 (Sábado)

· Das 00:01h as 16:00h – Km 14+500 ao 16+000 – Pista Norte (faixas 3 e 4).