EMTU: Empresa entregará Bilhete Ônibus Metropolitano para portadores de deficiência

Bilhete poderá ser retirado no Centro de Inclusão Social do Passageiro Especial, no bairro Jabaquara, em São Paulo

seg, 15/01/2007 - 15h11 | Do Portal do Governo

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) pretende iniciar, a partir da segunda quinzena deste mês, a entrega do Cartão BOM (Bilhete Ônibus Metropolitano), especial para as pessoas com deficiência que têm direito ao benefício da gratuidade nas linhas do sistema de transporte coletivo. O bilhete poderá ser retirado no Centro de Inclusão Social do Passageiro Especial, no bairro Jabaquara, em São Paulo, por meio de apresentação de documentos e cadastro para obtenção da carteira no local).

O cartão BOM é um bilhete eletrônico que pode ser utilizado nos ônibus que operam as linhas intermunicipais na Região Metropolitana de São Paulo. O serviço foi lançado oficialmente em dezembro do ano passado por meio de um convênio entre a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a EMTU-SP e o Consórcio Metropolitano de Transportes (CMT). O cartão existe ainda nas versões Escolar e Sênior (para pessoas da terceira idade), Vale-Transporte e Comum.

O consórcio ainda prevê um plano de ação para a adoção da mesma tecnologia nas estações da CPTM, empresa presente que está em 21 dos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo.

O sistema de Bilhetagem Eletrônica oferece diversas vantagens aos usuários, empresas operadoras e poder público, como maior controle sobre a evasão de receita; integração entre as linhas do transporte metropolitano e segurança com a diminuição do dinheiro em circulação nos ônibus e ressarcimento no caso de perda ou furto do cartão; e recarga do cartão no validador dentro do ônibus, inicialmente para o benefício do vale-transporte.

Histórico

A EMTU/SP trabalha no projeto de Bilhetagem Eletrônica no Sistema de Transporte Metropolitano por Ônibus desde 2004, quando a responsabilidade para a comercialização do vale-transporte foi transferida da empresa para o CMT, formado pelas empresas operadoras da RMSP. O CMT comprometeu-se a adotar a tecnologia no sistema de transporte.

O projeto piloto teve início em novembro de 2005, com a instalação de validadores em 300 ônibus nas operadoras da região de Osasco e distribuição de cartões eletrônicos sem contato.

Dos cerca de 4 mil ônibus que operam o Sistema Metropolitano de Transporte por Ônibus da RMSP, 85% estão equipados com os validadores eletrônicos. Destes, em 60% já há o controle dos passageiros catracados. O sistema transporta por mês em torno de 36 milhões de passageiros. Desse total, 45% utilizam Vale-Transporte e 5% usam Passe Escolar. Os demais são passageiros comuns que continuarão a pagar a tarifa nas linhas metropolitanas em dinheiro e deverão passar a utilizar a nova tecnologia no próximo semestre de 2007, até que a rede de distribuição de créditos esteja estruturada. De acordo com a empresa, os cobradores serão mantidos nos ônibus.

Cartão BOM Vale-Transporte

Em novembro, a EMTU/SP autorizou a emissão dos créditos eletrônicos pelo CMT para o Cartão BOM Vale-Transporte e para o BOM Escolar. A venda dos créditos de vale-transporte é realizada pela Internet, por meio do site do CMT ou das grandes empresas distribuidoras do benefício. A EMTU/SP estima que todos os vales-transporte sejam emitidos em créditos eletrônicos até março. Foram emitidos 22.022 unidades do BOM Vale – Transporte.

Cartão BOM Escolar

No ano letivo de 2006, os estudantes e professores da RMSP que têm direito ao desconto de 50% no pagamento da tarifa nas linhas metropolitanas passaram a receber o Cartão BOM Escolar para armazenar as cotas deste benefício. Neste ano, estes usuários começarão a armazenar os créditos que serão carregados no cartão em qualquer garagem de ônibus, além dos postos do CMT. Já foram emitidos cerca de 100 mil cartões BOM Escolar em 2006. Para o BOM Escolar, os créditos passarão a ser emitidos em fevereiro, início do ano letivo.

Cartão BOM Sênior

O cadastramento de idosos começou em maio do ano passado. Desde aquela data, foram emitidos 42 mil cartões BOM Sênior que garante ao usuário a gratuidade nas linhas intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo.

Das Assessorias de Imprensa da EMTU E CMT

 

(AM)