Educação: Projetos de alunos de escolas estaduais receberam premiação Educação Viária

Prêmio é resultado da parceria entre Secretaria de Educação e empresa de seguros

sex, 18/08/2006 - 14h34 | Do Portal do Governo

Uma verdadeira aula prática de cidadania foi dada durante a cerimônia de entrega do Prêmio Educação Viária, na semana passada, na Secretaria da Educação. Quase 200 alunos e professores vindos das escolas estaduais de quatro regiões do Estado de São Paulo prestigiaram a homenagem, que pretende executar ações solidárias, participativas e responsáveis nas escolas públicas. Os objetivos são melhorar o ensino e as condições da comunidade escolar. Realizado desde 2003, o projeto é fruto da parceria entre a Secretaria da Educação e a Empresa Mapfre (grupo espanhol de seguros) e abrange professores, estudantes, pais e autoridades municipais. A idéia é encontrar soluções para os problemas de trânsito no entorno das escolas – perigos no trânsito, normas que regem o funcionamento do tráfego e as condições da circulação do sistema viário.

Entre os destaques está a EE Conselheiro Rodrigues Alves, da região de Votuporanga. O trabalho desenvolvido por seus alunos levou em conta as condições de trânsito, ruas e avenidas nas proximidades da escola e foi enriquecido com tabelas com registros, críticas e estratégias para solucionar os casos. “Percebi que os jovens passaram a ficar mais interessados pelos problemas da comunidade escolar e dispostos a atuar para solucioná-los”, afirmou uma das integrantes da equipe escolar, Sebastiana Aparecida do Nascimento Montezano. Os alunos da EE Professor Juca Loureiro, no município de Espírito Santo do Pinhal, se tornaram agentes multiplicadores do projeto. Criaram uma Oficina de Educação Viária. Itinerante, no local as pessoas encontram materiais de consulta e informações sobre circulação segura na cidade.

Troca de informações

Além disso, outras escolas tiveram acesso ao material para promover o intercâmbio de informações e idéias. Daniel Henrique Pascuini, aluno do ensino médio da Juca Loureiro, diz que aprendeu muito ao fazer parte do projeto. “Pude perceber que comunidade, funcionários e alunos podem chegar a um resultado gratificante. Afinal, pois todos lutaram por um objetivo”, disse. Três mil escolas estaduais se inscreveram e 15 foram premiadas com DVDs, máquinas fotográficas e filmadoras digitais. Neste ano, serão avaliadas quase 3 mil escolas estaduais tanto do ensino fundamental como do ensino médio para a edição de premiação de 2007.

Da Secretaria da Educação