Dersa e DER realizam Operação Verão 2008 nas rodovias paulistas

O esquema vai até 10 de fevereiro e envolve principalmente as rodovias que dão acesso ao Litoral Norte e a Campos do Jordão

qua, 26/12/2007 - 10h19 | Do Portal do Governo

A Dersa Desenvolvimento Rodoviário S/A e o Departamento de Estradas de Rodagem – DER, vinculados à Secretaria dos Transportes, realizam, desde o dia 14 de dezembro, a Operação Verão 2008 nas estradas paulistas. O esquema, que se estende até 10 de fevereiro, envolve principalmente as rodovias que dão acesso ao Litoral Norte e a Campos do Jordão, e são monitoradas em conjunto com o Comando de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar.

Para minimizar os impactos do elevado fluxo de veículos, aumentar a segurança no tráfego e informar aos usuários a situação das rodovias antes e durante a viagem, a operação conta com o efetivo de 1.830 profissionais em todo o Estado, além de um contingente administrativo e operacional do PMRv, com 4 mil policiais. O atendimento também é feito pelo Disque Dersa/DER – 08000-555510 – e nos Centros de Controle Operacional (CCOs) das Unidades Básicas de Atendimento (UBAS) e do SAU (Sistema de Atendimento ao Usuário).

Para a execução de melhorias na conservação das rodovias, foram intensificados os serviços de inspeção, com 143 viaturas e 54 guinchos, além de 71 veículos de apoio, que estão posicionados em locais estratégicos, caso o usuário necessite de auxílio. Campanhas educativas de trânsito com mensagens em painéis variáveis e fixos e distribuição de materiais educativos, ao longo das rodovias, também ajudam a garantir a segurança dos usuários. Estão disponíveis ainda o serviço de atendimento pelo telefone 0800-0555510 e imagens de tráfego nos sites www.der.sp.gov.br e www.dersa.sp.gov.br.

Volume de tráfego – Durante o período de verão, as rodovias registram aumento médio de 30% no tráfego em relação aos outros meses.

Rodovia

Natal

AnoNovo

Carnaval

Ayrton Senna/Carvalho Pinto (SP-70)

100.000

130.000

140.000

D. Pedro I (SP-65)

60.000

70.000

60.000

Mogi-Bertioga (SP-98)

51.060

65.150

89.770

Tamoios (SP-99)

81.550

100.450

101.340

Oswaldo Cruz (SP-125)

24.680

27.840

39.390

Litorânea (SP-55)

227.690

177.060

310.010

Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123)

23.850

23.530

36.400

Raposo Tavares (SP-270)

286.960

272.220

293.720

 

Horários de pico

Os horários de maior movimento são:

Ano Novo (28 a 01/01/08) – 12h do dia 28 (sexta) às 2h do dia 29/12/06 (sábado) 7h às 18h do dia 29/12/06 (sábado) 12h do dia 1/1/07 (terça) às 2h do dia 2/1/07 (quarta)

Carnaval (01 a 06/02/08) – 12h do dia 16/2/07 (sexta) às 2h do dia 1/2/07 (sábado) 7h às 18h do dia 2/2/07 (sábado) 12h do dia 5/2/07 (terça) às 2h do dia 6/2/07 (quarta) 7h às 14h do dia 6/2/07 (quarta).

Câmeras on-line

Os usuários poderão programar as viagens e saber as condições das estradas por meio de imagens on-line das 37 câmeras instaladas ao longo das rodovias, que podem ser acessadas pelos sites www.dersa.sp.gov.br e www.der.sp.gov.br. As imagens são atualizadas automaticamente a cada 30 segundos. Nas travessias, as imagens podem ser visualizadas somente pelo site da Dersa.

Travessias Litorâneas

 

Travessia

Natal

Ano Novo

Carnaval

Santos / Guarujá

126.000

130.000

236.000

Guarujá / Bertioga

6.000

9.000

8.000

S. Sebastião / Ilhabela

17.500

29.000

28.000

Iguape / Juréia

1.900

6.000

6.500

Cananéia/Ilha Comprida

2.900

7.500

8.000

Cananéia/Continente

1.500

2.500

3.000

Embarcações disponíveis

Travessia

Embarcações

Horário

Santos-Guarujá

6 balsas

24 horas

Guarujá-Bertioga

2 balsas

24 horas

São-Sebastião-Ilhabela

5 balsas

24 horas

Iguape-Juréia

2 balsas

24 horas

Cananéia-Continente

1 balsa

6 às 24 horas

Cananéia-Ilha Comprida

2 balsas

6 às 24 horas

Providências operacionais

Balsas / Providências operacionais – Utilização de fiscais e motocicletas para monitoramento das filas painéis de mensagens câmeras on-line nas travessias Santos-Guarujá, Guarujá-Bertioga e São Sebastião-Ilhabela podem ser acessadas pelo site www.dersa.sp.gov.br

Disque Balsa – Hora marcada – O atendimento do serviço de hora marcada é feito pelos números: (13) 3358-2743/2277/3088. Por meio desse serviço, o usuário pode marcar com antecedência de no mínimo 24 horas e máximo de 30 dias, informando as características do veículo, data e horário de preferência. O atendimento é feito diariamente, das 7 às 24 horas. O sistema operacional das travessias como número de embarcações em operação, tempo de espera e condições meteorológicas, o usuário poderá obter por meio do número (13) 3358-2000 ramal 208.

Operação e Obras – Durante a Operação Verão 2008 é dada atenção especial ao programa de obras do DER para que não haja interferência na fluidez do tráfego. Há intensificação da fiscalização e acompanhamento dos serviços em execução. As viaturas de apoio esão posicionadas em locais estratégicos, de maneira a facilitar tanto o atendimento quanto a identificação pelos usuários nos casos de auxílio.

Tamoios – Uma faixa suplementar para a descida, no trecho de serra, com início no km 64, pode ser implantada, se necessário, para garantir em todo o trajeto duas faixas de rolamento. Painéis com informações sobre as condições e alternativas de tráfego disponíveis no km 60, junto ao Posto da PMRv, e outro no km 21,9, sentido Litoral. Nos pontos de estreitamento das pontes do km 18 (Jambeiro) e km 28 (Paraibuna), no planalto, é realizada operação “PARE E SIGA”, caso haja lentidão nas proximidades. Guinchos estão disponíveis para dar maior agilidade na liberação da pista, nos casos de interferências causadas, principalmente, por veículos pesados em pane.

D. Paulo Rolim Loureiro (Mogi-Bertioga) – Painéis de mensagens no km 59,8, sentido Litoral, e no km 98 informam aos usuários as condições e alternativas de tráfego. Do km 80 ao km 77,5, na pista sentido Norte, está liberado o uso do acostamento no retorno, se houver lentidão na aproximação. Estão disponibilizados três guinchos leves, principalmente no trecho inicial de subida da serra, para assegurar um retorno tranqüilo aos usuários da rodovia.

Rio – Santos (Ubatuba-Pedro de Toledo) – No acesso à Riviera de São Lourenço e no Trevo de Itanhaém, painéis no km 193,3 (Boracéia), sentido Bertioga, e no km 319 (Itanhaém), sentido Praia Grande e outro no km 211, junto ao trevo, com informações de tráfego. Um Posto de Informações, no km 211,3 (Riviera), distribui material informativo e educacional aos usuários. No trecho entre a SP 098 (Rodovia Mogi-Bertioga) e a Riviera de São Lourenço, do km 212 ao km 214, está liberado o acostamento para tráfego, conforme a necessidade em função da demanda.

Oswaldo Cruz – no trecho inicial de subida da serra, haverá reforço de mais dois veículos de inspeção/operação e de equipes, com o objetivo de aumentar a segurança dos usuários durante a viagem.

Floriano Rodrigues Pinheiro – O trevo de acesso a Rodovia Dr. Caio Gomes Figueiredo – SP 132, na altura do km 25,5, pode ser bloqueado para retorno, durante a operação, para não interferir no tráfego local. O Posto de Atendimento, no km 8,5, atende dia e noite durante todo o período da operação, distribuindo material informativo e educacional aos usuários. Uma obra executada em Santo Antonio do Pinhal, na altura do km 33,5, está paralisada durante o período da operação.

Raposo Tavares – Haverá um reforço de recursos materiais e humanos, principalmente no trecho de saída da capital, visando assegurar um retorno tranqüilo aos usuários da rodovia.

Ayrton Senna – Atenção nos quilômetros 22 e 23, pistas Leste e Oeste, devido a obras na Jacú-Pêssego.

Providências operacionais da Dersa – No pedágio de Guararema, km 57,7, três cabines extras foram colocadas, nos retornos dos feriados, aumentando a capacidade de 10 para 13 cabines. Será feita cobrança antecipada na fila do pedágio de Guararema e Itaquaquecetuba, caso o congestionamento chegue ao final da praça.

Recomendações aos usuários

Faça ultrapassagens somente em locais seguros e pela faixa da esquerda.

Sob neblina ou chuva, reduza a velocidade e não pare na pista, pare somente no acostamento.

Não trafegue pelo acostamento. Serve como apoio no caso de acidentes e ainda circulam ciclistas e pedestres.

Não dirija após ingerir bebidas alcoólicas. Respeite a vida.

Motociclistas, respeitem as normas de segurança.

Transporte de criança até 10 anos somente no banco traseiro, utilizando cinto de segurança.

Não utilize o telefone celular quando estiver dirigindo procure um local apropriado e seguro.

No caso de choque com objetos na via, evite parar imediatamente, procure um local seguro. Esse procedimento ajuda a evitar assaltos.

Não dirija com sono. Descanse.

Da Secretaria Estadual dos Transportes

(S.M.)