Defesa Civil lança Operação Verão 2011

Ação envolve diferentes órgãos do Estado e visa minimizar as conseqüências de desastre naturais típicos da estação

qua, 01/12/2010 - 17h00 | Do Portal do Governo

Com o objetivo de reduzir danos materiais e, principalmente, preservar vidas, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) lançou nesta quarta-feira, 1 de dezembro, a Operação Verão 2010-2011 em todo o Estado. A ação, que se estende até o dia 31 de março do próximo ano, reúne diferentes órgãos dos governos estadual e municipal.

A estação de verão no Estado de São Paulo caracteriza-se por chuvas fortes, muitas vezes excessivamente prolongadas, ou acompanhadas por raios e vendavais, que têm causado, nos últimos anos, grandes prejuízos econômicos e sociais, principalmente em razão das inundações e deslizamentos de encostas que causam consideráveis danos, destruições e mortes.

Durante o período da Operação Verão a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil deflagra os planos Preventivo e de Contingência para situações de risco, visando a otimização dos recursos humanos e materiais disponíveis bem como antecipação das situações de risco. Para tanto, a CEDEC promove a articulação entre as secretarias integrantes dos Sistema Estadual de Defesa Civil, os órgãos de atendimento emergencial (Polícia Militar, Corpo de Bombeiros), equipes de Defesa Civil dos municípios e da própria comunidade.

Esses planos, desenvolvidos ao longo do ano juntamente com os municípios, reforçam as ações de monitoramento meteorológico, pluviométrico e vistorias técnicas de campo em áreas de risco com vistas à retirada prévia de moradores de locais de risco iminente de deslizamento de terra e/ou inundações.

A Operação Verão é a conclusão de um trabalho de capacitação e treinamento realizado ao longo de todo o ano pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil junto aos municípios. De acordo com o coordenador da Defesa Civil do Estado de São Paulo, somente com a articulação dos órgãos estaduais, municipais e das forças de atendimento emergencial é possível prevenir e minimizar as conseqüências típicas geradas pelas chuvas.

Da Defesa Civil