Covas anuncia construção de uma unidade da Fatec na Zona Leste

Governo do Estado também irá construir dois Centros de Formação Profissional na região

dom, 24/09/2000 - 15h57 | Do Portal do Governo

Governo do Estado também irá construir dois Centros de Formação Profissional na região

Cercado e aplaudido por mais de 300 pessoas no bairro de A.E.Carvalho, Zona Leste da Capital, o governador Mário Covas anunciou neste domingo, dia 24, três boas notícias aos moradores: a construção de uma unidade da Faculdade de Tecnologia (Fatec), que será a primeira faculdade pública da região; e também de dois Centros de Formação Profissional, um em Guaianazes e outro na Fazenda da Juta, em Sapopemba. “São R$ 12 milhões que serão aplicados na Zona Leste para atender 10 mil jovens, em cursos técnicos e profissionais”, disse Covas.

Para o governador, a construção da Fatec é uma vitória da população. A faculdade vai atender 2.800 alunos e seu investimento inicial está orçado em R$ 8 milhões. As obras devem ser finalizadas no final de 2001 e já no início de 2002 estará recebendo alunos para o ano letivo.

Inicialmente, o local escolhido para sediar a faculdade seria utilizado para construção de um Centro de Detenção Provisória, mas o Governo do Estado mudou os planos, atendendo aos anseios dos moradores da região. Para este projeto inicial o Governo Estadual havia investido R$ 1,5 milhão no local. As estruturas já montadas serão aproveitadas.

Covas disse que a concorrência do prédio da Fatec já foi aberta e deverá estar concluída em um mês. Passado esse período, iniciam-se as obras. O prédio da Fatec será distribuído em 56 ambientes, sendo 24 salas de aulas, oito laboratórios, uma biblioteca e um auditório com capacidade para 200 pessoas. Está previsto ainda a construção de um ginásio de esportes. A faculdade oferecerá cursos de Informática, Novas Tecnologias e Novos Usos para o Plástico, Logística, Gestão de Informações, entre outros.

O governador destacou que essa administração respeita as vontades o povo. “A população não precisa me agradecer pela obra. Foi uma luta de vocês. Com o empenho do secretário Aníbal, espero que a Fatec forme bastante pessoas e que elas possam encontrar seu futuro, passando por ali”, afirmou.

Satisfeita com as boas notícias, a líder comunitária Maria Luiza Guatura disse que a instalação da Fatec no bairro é uma grande vitória. “Esta é uma luta que começou há 20 anos. Há tempos estamos pedindo a instalação de uma universidade pública na região”, comemorou.

O secretário da pasta de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, José Aníbal, reafirmou a sensibilidade de Covas em atender os pedidos dos moradores de A E. Carvalho. “O governador tinha outro projeto para esta área, mas ele acabou cedendo aos anseios da população. A Fatec vai colocar o jovem da Zona Leste em condições de igualdade com os de outras regiões para disputar o mercado de trabalho”, comparou. José Aníbal afirmou ainda que a região tem potencial para receber empresas com tecnologia de ponta. E com instalação da Fatec os empresários poderão contar com os profissionais especializados formados na região.

Mais dois Centros Profissionais na Zona Leste

Além da construção da Fatec, Covas também declarou que na última sexta-feira, dia 22, o Governo do Estado abriu concorrência para a construção de dois novos Centros de Formação Profissional, em Guaianazes e na Fazenda da Juta, em Sapopemba.

De acordo com Covas, a construção do Centro em Guianazes deverá começar em um mês. A escola técnica será dividida em 41 ambientes, sendo cinco salas de aulas, três de multiuso, 10 laboratórios, uma biblioteca e terá ainda oito instalações administrativas. Com capacidade para 3.800 alunos, o local irá oferecer 29 cursos, como cozinheiro, estoquista, construção civil, manutenção predial, supervisão de obras, recepcionista, auxiliar-administrativo, manutenção elétrica e de telefonia celular. Haverá ainda 560 vagas para os cursos de qualificação técnica. O custo estimado para esta obra é de R$ 2 milhões.

Cíntia Cury / Valéria Cintra / Rogério Vaquero