Consumo excessivo de açúcar é prejudicial à saúde

Uso excessivo do produto está diretamente ligado ao surgimento de doenças crônicas e degenerativas

dom, 29/06/2014 - 15h31 | Do Portal do Governo

Consumir açúcar em excesso é tão prejudicial quanto abusar de bebidas alcoólicas. Este é o alerta da nutricionista Ana Paula Camargo, especialista do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). De acordo com ela, o uso excessivo do produto está diretamente ligado ao surgimento de diversas doenças crônicas e degenerativas.

O açúcar é responsável pelo envelhecimento das células, causando doenças como diabetes, obesidade, câncer e Alzheimer. A sacarose também é um dos grandes responsáveis pela esteatose hepática, doença geralmente causada pelo consumo excessivo de álcool, que atinge 2 em cada 8 atendimentos realizados no Iamspe.

A nutricionista recomenda substituir o açúcar por adoçantes naturais, encontrados nas frutas, mel, ou mesmo o açúcar mascavo, que, por não ser refinado, mantém seus nutrientes. Mas Ana Paula Camargo ressalta que seu consumo também deve ser moderado. Outra opção para substituir o açúcar refinado é o adoçante.

“Desde que consumido moderadamente, o adoçante não faz mal à saúde. O ideal é reduzir ou substituir a quantidade diária de açúcar para que, com o tempo, o organismo não sinta a necessidade do doce”, disse a nutricionista.

Do Portal do Governo do Estado