Consumidor: Ipem alerta para ação de falsos fiscais em São Paulo

Instituto é vinculado à Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania

sex, 13/07/2001 - 12h18 | Do Portal do Governo

O Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem-SP), vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, alerta para a ação de falsos fiscais que vêm utilizando indevidamente o nome do Instituto para extorquir dinheiro de donas de casa.

Nos últimos meses, denúncias de vítimas deste golpe têm sido registrada no Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). De acordo com as denúncias, pessoas portando crachá do Inmetro chegam às residências, sobretudo em bairros considerados mais humildes, apresentando-se como fiscais e alegando terem a intenção de ‘fiscalizar’ o regulador de pressão do botijão de gás, produto que é certificado pelo Inmetro. Dentro da residência, essas pessoas verificam o botijão e tentam vender um novo regulador de pressão dizendo que aquele utilizado pela dona-de-casa é irregular e que haverá algum tipo de punição caso a troca não seja realizada.

Para evitar transtornos, o Ipem-SP esclarece que suas atividades de fiscalização só ocorrem no comércio e que seus funcionários não estão autorizados a entrar em residências para efetuar nenhum tipo de verificação ou receber importância em dinheiro ou cheque. O Ipem-SP adverte que essa atitude tem levado pessoas inocentes a sofrerem prejuízos materiais e até a tornarem-se vítimas de assaltos. De acordo com o Instituto, o melhor a fazer é ligar para a Delegacia de Polícia mais próxima de sua residência.

O Ipem-SP atende denúncias e reclamações pelo telefone 0800-130522 (Ouvidoria), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e via e-mail: ouvidor@ipem.sp.gov.br