Conselhos da Secretaria de Justiça ganham sede própria

Prédio tem seis andares, 43 salas e três auditórios totalizando mais de 1.300 m²

sex, 04/03/2011 - 19h00 | Do Portal do Governo

Um prédio com seis andares, 43 salas e três auditórios totalizando mais de 1.300 m². Desde o dia 3 de janeiro, os oito conselhos da Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania ganharam um novo prédio para a realização das atividades dos núcleos. Com a sede própria, os grupos dispõem de mais autonomia e terão tratamento igualitário, sem deixar de receber todo o apoio necessário da SJDC.

Para atender a um número maior de minorias sociais que, até então, não contavam com representatividade no Governo, a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania incluiu na sua pasta quatro novos conselhos – o Conselho Estadual da Condição Feminina; o Conselho Estadual do Idoso; o Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Nordestina; o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONDECA e o Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Os quatro novos Conselhos se juntam aos outros já existentes: o Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas – CONED; o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana – CONDEPE ; o Conselho Estadual dos Povos Indígenas e o Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra.

“Tenham a certeza que reconhecemos a importância de todos como expressão da participação popular no governo e temos a expectativa de acolhê-los e fortalecê-los para que juntos, possamos realizar um bom trabalho”, disse Eloisa de Sousa Arruda.

No edifício sede da Secretária, localizado no Páteo do Colégio, será criada a Coordenadoria Geral de Apoio aos Programas de Defesa da Cidadania, sob a chefia de Thais Cassoli Reato Cézar, coordenadora que será a interface dos grupos com a Secretária de Justiça Eloisa de Sousa Arruda e que dará todo apoio aos Conselhos, Coordenadorias e Programas de Defesa da Cidadania. Nos próximos meses, também será criado no prédio a Coordenadoria Estadual de Álcool e Drogas, que trabalhará integrado ao CONED.

Exceto o CRAVI (Centro de Referência e Apoio a Vítima), localizado na Barra Funda, os demais programas e projetos funcionam nos três edifícios sede do órgão. São eles a ADC (Assessoria de Defesa da Cidadania), o CIC (Centro de Integração da Cidadania), o NETP (Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas) e as Coordenações de Políticas para População Negra e Indígena e de Políticas para a Diversidade Sexual.

Da Secretaria da Justiça