CDHU e Prefeitura vão construir mil moradias em Caraguatatuba

Imóveis serão destinados a famílias que moram em área de risco

sáb, 26/03/2011 - 17h00 | Do Portal do Governo

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), vai construir mais mil moradias populares na cidade de Caraguatatuba, litoral norte do Estado. O compromisso foi firmado pelo secretário Silvio Torres durante audiência com o prefeito Antonio Carlos da Silva, em São Paulo.

Prioritariamente, conforme ficou acordado na reunião, os imóveis serão destinados a famílias que vivem em áreas de risco e ocupações irregulares no Parque Estadual da Serra do Mar. “É uma ação muito importante. Vamos iniciar o processo de desapropriação de terrenos e apresentá-los à CDHU para que as construções sejam iniciadas o mais rápido possível”, disse o prefeito.

Segundo ele, o Instituto de Pesquisas Tecnologias (IPT) realizou um mapeamento no município e identificou dezoito núcleos habitacionais com moradias em áreas de risco. Os imóveis foram classificados em graus de risco de deslizamento de terra e a prioridade será a remoção das famílias que vivem no bairro Rio do Ouro, indicado como o caso mais grave.

O secretário Silvio Torres disse que a prioridade do governador Geraldo Alckmin é atender as pessoas que moram em área de risco, a fim de evitar tragédias como as que ocorreram no início do ano em alguns estados. “Essa é a prioridade na nova política habitacional. Portanto, a obra já está autorizada. Ficamos no aguardo da indicação dos terrenos para iniciarmos o processo para a construção”, ressaltou.

Torres informou ainda que o Governo de São Paulo irá ampliar o número de moradias populares  no Estado, para atender principalmente as famílias que ganham até três salários mínimos. A meta, segundo o secretário, é iniciar, ainda este ano, a construção de 20 mil novas unidades no estado. “O governo tem recursos assegurados. Agora, é preciso que as prefeituras apresentem terrenos regularizados, para fazermos as obras”, concluiu.

Da CDHU