Campanha de Vacinação contra a pneumonia tem início nesta segunda-feira

Secretaria de Estado da Saúde intensifica a vacinação de 23 de outubro a 30 de novembro

seg, 23/10/2000 - 19h52 | Do Portal do Governo

Secretaria de Estado da Saúde intensifica a vacinação de 23 de outubro a 30 de novembro

A partir desta segunda-feira, dia 23, a Campanha de Vacinação contra a pneumonia é intensificada para atender às pessoas que ainda não tenham sido imunizadas. A doença é causada pela bactéria pneumococo, que determina também infecções do aparelho respiratório (otite, sinusite) e infecções invasivas disseminadas (meningite penumocócica, septicemia).
O público alvo são pessoas com mais de sessenta anos de idade, que tenham sido hospitalizadas recentemente ou sejam portadores de doenças crônicas (diabetes mellitus, cirrose hepática, doença renal, pulmonar e cardíaca). Também podem receber a vacina crianças maiores de dois anos, adolescentes e adultos portadores de doenças que comprometam o sistema imunológico (infecção por HIV, linfomas, leucemia, mieloma, transplantados).
Segundo a doutora Helena Keiko Sato, do Centro de Vigilância Epidemiológico Prof. Alexandre Vranjac, “o objetivo é oferecer a vacina às pessoas que não tiveram oportunidade de receber a dose nas outras campanhas.” Desde 1998, já foram aplicadas 750 mil doses em todo o Estado. Para esta fase estão disponíveis 40 mil vacinas, mas se houver necessidade, serão providenciadas mais doses.
Alguns efeitos colaterais podem surgir após a administração da vacina. Manifestações locais: dor, calor e vermelhidão no local da aplicação, após um ou dois dias; manifestações no organismo: febre, geralmente baixa, dores de cabeça e musculares – os sintomas desaparecem em um ou dois dias; manifestações graves como reação anafilática são raras.
A vacina estará disponível em todas as unidades públicas de saúde até o dia 30 de novembro e é dose única, não devendo ser administrada mais de uma vez para evitar a potencialização de efeitos adversos.