Arquivo Público digitaliza mais 4 mil documentos sobre a História da Educação em São Paulo

Ilustrações, fotos e relatórios estão disponíveis no site temático “Memória da Educação”

ter, 15/03/2011 - 18h00 | Do Portal do Governo

(Atualizado em 16 de março, às 15h00)

Um novo conjunto de documentos do acervo do Arquivo Público do Estado de São Paulo, órgão vinculado à Casa Civil, já está disponível no site temático “Memória da Educação”. São mais 4 mil ilustrações, fotografias e relatórios que revelam detalhes da história escolar no Estado de São Paulo nos séculos XIX e XX. Com a inclusão do material sobe para 25 mil o número de documentos relativos à educação digitalizados pelo Arquivo.

No endereço http://www.arquivoestado.sp.gov.br/educacao podem ser acessadas informações sobre o ensino no interior do Estado, com destaque para documentos inéditos das regiões de Campinas, Araraquara, Casa Branca, Guaratinguetá e Santa Cruz do Rio Pardo.

Os relatórios, elaborados pelas Delegacias Regionais de Ensino, tratam de assuntos referentes às atividades administrativas e pedagógicas das escolas da época: quadro de funcionários e funções, quantidade de classe e matrícula ofertadas em escolas, gráficos demonstrativos do desempenho dos alunos por município, fotografias das atividades escolares, condições físicas dos prédios, entre outras.

Toda a documentação utilizada (cerca de 9 km lineares) faz parte do acervo do Arquivo Público do Estado de São Paulo. O site será atualizado periodicamente, com a inclusão de mais documentos sobre a História da Educação. Completam a página alguns artigos publicados pelo o Arquivo Público sobre o tema.

Sobre o Arquivo Público do Estado de São Paulo

O Arquivo Público do Estado de São Paulo é um dos maiores arquivos públicos brasileiros. Sua função é formular uma política estadual de arquivos e recolher, tratar e disponibilizar ao público toda documentação de caráter histórico produzido pelo Poder Executivo Paulista.

A instituição mantém sob sua guarda aproximadamente 6 mil metros lineares de documentação textual permanente, 17 mil metros de documentação intermediária, 900m de material iconográfico, grande quantidade de jornais e revistas e uma biblioteca de apoio à pesquisa com 45 mil volumes.

Do Arquivo Público do Estado de São Paulo