SP baixa de 15 mil internados por COVID-19 após 4 meses e meio acima do patamar

Número foi superior ao registrado no pico da segunda onda da pandemia; redução é reflexo na vacinação e nas estratégias de enfrentamento do

dom, 18/07/2021 - 17h46 | Do Portal do Governo

O Estado de São Paulo baixou da marca de 15 mil internados pela COVID-19 após 137 dias com número de pacientes acima desta marca, que chegou a ultrapassar 31 mil pessoas hospitalizadas no pico da segunda onda da pandemia, no final de março.

Neste domingo (18) são 14.364 internações, somando 7.062 em enfermaria e 7.302 em leitos de Terapia Intensiva. O dado aponta queda em relação ao dia anterior (sábado, 17), quando havia 14.613 internados, sendo 7.241 em leitos clínicos e 7.372 em UTI.

Indicadores de hospitalização próximos aos verificados neste final de semana, com menos de 15 mil internados, tinham sido registrados pela última vez em 25 de fevereiro, quando havia 14.809 internados, com 8.042 em enfermaria e 6.767 em UTI.

A ocupação dos leitos de UTI também tem caído diariamente, e desde a última quinta-feira (15) tem se mantido abaixo de 65% no Estado e inferior a 60% na Grande São Paulo. Hoje, a ocupação é de 62,5% em SP e de 58,7% na Região Metropolitana.

As quedas são reflexo do avanço da campanha de vacinação contra COVID-19 e das estratégias de prevenção e enfrentamento da doença.

No decorrer da pandemia, houve 3.939.632 casos e 134.803 óbitos no Estado. O total inclui 2.783 casos e 35 óbitos registrados nas últimas 24h, e 17.095 e 448 referentes ao balanço de sábado (17), extraídos às 22h de ontem após normalização do servidor.

Entre o total de casos, 3.592.545 tiveram a doença e já estão recuperados, sendo que 415.373 foram internados e receberam alta hospitalar.

O detalhamento dos dados da pandemia estão disponíveis no site www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Dados atualizados em 18/07/21 – 17h38