Nova exposição do Museu do Café aborda história do hábito de consumo em cafeterias

A curadoria apresenta aos visitantes as transformações e as influências culturais dos espaços públicos de consumo de café

sex, 19/04/2024 - 9h13 | Do Portal do Governo
DownloadGoverno de SP

O Museu do Café (MC), instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, recebe a exposição Café: na mesa ou no balcão?. A mostra temporária apresentará o surgimento e as transformações ocorridas no consumo público do café no Brasil, tendo como tema principal o ambiente das cafeterias, onde serão explorados os hábitos e os rituais que envolvem essa bebida que é um patrimônio nacional.

Por meio de jornais, iconografia, publicações, documentos audiovisuais e objetos, a curadoria pretende trazer um panorama com diversos momentos dessa história de mais de dois séculos, contextualizando o surgimento das cafeterias no mundo, sobretudo na Europa, mas com foco nas diferentes fases, influências e no desenvolvimento do hábito de tomar café pelos brasileiros, tema ainda pouco explorado e divulgado.

A linha do tempo do consumo do café em locais públicos no Brasil tem diversas curiosidades, com início ainda no século XIX, quando a referência era a Europa. A invasão dos cafés e dos botequins com ares portugueses, franceses e austríacos na Corte Imperial em 1840 e 1850 ditou as normas do que ficou conhecido por “café sentado”. Nas décadas seguintes, esse modelo de estabelecimento se espalhou e popularizou em outras cidades como importante espaço de sociabilidade.

Já no século XX, com a aceleração da vida cotidiana e o encarecimento imobiliário, esses ambientes encolheram e passaram a adotar os balcões, com xícaras tomadas aos goles rápidos, o que caracterizou os chamados “cafés em pé”. Além disso, a exposição ilustra, em conteúdo e de forma cenográfica, a importância dos usos culturais desses espaços, como a valorização dos cafés para convivência e trabalho de artistas, músicos e compositores de samba-choro, ambientando o auge da era de ouro do rádio. Depois, nas últimas décadas desse século, surgem cafeterias mais preocupadas com a qualidade da bebida e especializadas em café espressodrinks e outras bebidas derivadas, chegando, mais recentemente, ao boom do café especial.

A exposição “Café: na mesa ou no balcão?” ficará em cartaz até 28 de outubro de 2024 e estará aberta à visitação de terça a sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 10h às 18h (fechamento da bilheteria às 17h). Os ingressos custarão R$ 16, com meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos. A entrada será gratuita aos sábados e, todos os dias, para as crianças até 7 anos.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap