Consumidor: Fundação Procon-SP orienta sobre roubo de medicamentos de indústria farmacêutica

Órgão é vinculado à Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania

sex, 02/03/2001 - 13h33 | Do Portal do Governo

No dia 25/2/2001 a empresa Apsen Farmacêutica S/A, por meio de anúncio em jornal, comunicou o roubo de medicamentos alertando para que não sejam adquiridos: o lote 101023, validade 1/2003 de blisters de Noodipina 30 mg x 15 comprimidos; o lote 101024, validade 01/2003 de blisters de Noodipina 30 mg x 15 comprimidos e o lote 011063, validade 11/2002 de blisters de Seis-B 30 mg x 10 comprimidos. A Fundação Procon-SP, órgão da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, tendo em vista o alerta efetuado pelo referido laboratório, orienta que, por se tratar de ilícito criminal (roubo), os consumidores não devem adquirir os lotes dos produtos citados. Além disso, nesse caso não há como garantir as condições de armazenamento do medicamento, o que pode colocar em risco a saúde dos consumidores.

O informe mencionava também que o roubo desses produtos “foi devidamente comunicado às autoridades sanitárias e policiais”.

No comunicado o laboratório solicitou que quaisquer informações sobre os lotes mencionados lhe sejam encaminhadas.

A empresa colocou à disposição o seu CAC (Centro de Atendimento ao Consumidor) que atende pelo número 0800-165678 (ligação gratuita) para mais informações ou esclarecimentos adicionais.

A Fundação Procon-SP entende que o risco pessoal e patrimonial para os consumidores deve provocar nos fornecedores uma maior preocupação no sentido de utilizar todos os mecanismos possíveis para atingir os seus clientes como forma de prevenir e evitar maiores problemas.

Quaisquer dúvidas dos consumidores poderão ser encaminhadas ao atendimento pessoal da Fundação Procon-SP funciona no Poupatempo Sé (Praça do Carmo s/n), Poupatempo Itaquera (Av. do Contorno, 60, ao lado da Estação Corinthians – Itaquera do metrô) e Poupatempo Santo Amaro (Rua Amador Bueno, 176/258). Por carta: Caixa Postal 3050 – CEP 01061-970 ou fax: 3824-0717. O site do Procon-SP na Internet é o www.procon.sp.gov.br