São Paulo promove segunda Mostra Internacional de Cinema Virtual

Programação cultural gratuita em dezembro conta com 45 filmes de 25 países, fruto de parceria com a Secretaria de Relações Internacionais

seg, 29/11/2021 - 13h08 | Do Portal do Governo
Foto do filme The Sun at Midnight – Drama/ Canadá

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa e a Secretaria de Relações Internacionais do Governo do Estado de São Paulo lançam no dia 1º de dezembro a Segunda Mostra Internacional de Cinema Virtual. Com curadoria de 25 consulados estabelecidos em São Paulo, o festival será exibido com exclusividade pela plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa, gerida pela Organização Social Amigos da Arte.

O filme ‘Alfie, o Pequeno Lobisomem’, produção dos Países Baixos, abre o evento, que conta com 45 títulos entre longas e curtas-metragens, documentários e uma animação.

“Será uma oportunidade fantástica para termos acesso a uma produção cinematográfica de altíssima qualidade. O melhor do cinema internacional sem precisar sair de casa, via #CulturaEmCasa”,  afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão. O secretário de Relações Internacionais Julio Serson ressalta a importância da parceria com o corpo diplomático. “Vamos poder oferecer à população produções audiovisuais de diversas partes do mundo e isso só é possível devido ao apoio dos Consulados e Embaixadas, reafirmando o quão importante é a cooperação internacional no campo da cultura”, diz Serson.

Das produções que integram o evento, a Rússia abocanha a maior parte, com 5 obras. Em seguida, vem a República Tcheca, com 4 filmes.  A África do Sul, Canadá, Índia, Países Baixos e Portugal indicaram três filmes cada. A Mostra Internacional contará, ainda, com duas produções da Alemanha, Dinamarca e Itália e com uma da Bélgica, Bolívia, Chile, Coréia, Cuba, Estados Unidos, Finlândia, França, Hungria, Japão, Moldávia, Paraguai, Peru e Suíça.

As estreias acontecem até 21 de dezembro, mas a transmissão dos filmes segue até 31 de dezembro. Algumas produções têm exibição únicas, outras ficam disponíveis por vários dias (veja programação abaixo).

Esta é a segunda vez que as secretarias se unem para realizar a mostra, que estreou em setembro do ano passado. Na primeira edição, foram exibidos 33 filmes de 21 países, que contaram com 33 mil acessos e 13 mil usuários únicos.

“Tivemos uma experiência muito gratificante com a exibição dos filmes no ano passado e promover a mostra via plataforma #CulturaEmCasa é uma conquista que queremos solidificar e manter por muito tempo”, afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Programação

01/12 – Quarta

  • 17:00 → Alfie, o Pequeno Lobisomem – Países Baixos
  • 19:00 → O Conto de Um Lago – Finlândia
  • 21:00 → Um Caminho para Moscou – Suíça

02/12 – Quinta

  • 17:00 → Corredores da Noite – Québec, Canadá
  • 19:00 → Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes, Rússia
  • 21:00 → Galore – Países Baixos

03/12 – Sexta

  • 17:00 → Valhalla a Lenda de Thor – Dinamarca
  • 19:00 → Fogo no Mar – Itália
  • 21:00 → Aqueles que ficaram – Hungria

04/12 – Sábado

  • 14:00 → Paparuda – Moldávia
  • 17:00 → “Eu estava em casa, mas…” – Alemanha
  • 19:00 → Kahaani – Índia
  • 21:00 → Il Grande Passo – Itália

05/12 – Domingo

  • 14:00 → Eles Lutaram pela Pátria – Rússia
  • 17:00 → Folha – República Tcheca
  • 19:00 → Freedom, The Musical – África do Sul
  • 21:00 → Espelho Triplo Asiático 2018: Viagem – Japão

06/12 – Segunda

  • 17:00 → Os Valentes – Canadá
  • 19:00 → Eles Lutaram pela Pátria – Rússia
  • 21:00 → Jardim – Portugal

07/12 – Terça

  • 17:00 → O Quadragésimo Primeiro – Rússia
  • 19:00 → Paparuda – Moldávia
  • 21:00 → Bhaag Milkha Bhaag – Índia

08/12 – Quarta

  • 17:00 → Sonhos – Rússia
  • 19:00 → A Prisioneira do Cáucaso – Rússia
  • 21:00 → Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes – Rússia

09/12 – Quinta

  • 17:00 → O Quadragésimo Primeiro – Rússia
  • 19:00 → Chuva é cantoria na aldeia dos mortos – Portugal
  • 21:00 → Memorias del Subdesarrollo – Cuba

10/12 – Sexta

  • 17:00 → Paparuda – Moldávia
  • 19:00 → Drishyam – Índia
  • 21:00 → A Garota Ocidental – Bélgica

11/12 – Sábado

  • 14:00 → Eles Lutaram pela Pátria – Rússia
  • 17:00 → Doença Branca – República Tcheca
  • 19:00 → Angola – África do Sul
  • 21:00 → O Sol da meia-noite (The Sun at Midnight) – Canadá

12/12 – Domingo

  • 14:00 → Paparuda – Moldávia
  • 17:00 → Extranjeros – Bolívia
  • 19:00 → Despertador – República Tcheca
  • 21:00 → La Salamandra – Chile

13/12 – Segunda

  • 17:00 → Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes – Rússia
  • 19:00 → O Quadragésimo Primeiro – Rússia
  • 21:00 → Sonhos – Rússia

14/12 – Terça

  • 17:00 → A Prisioneira do Cáucaso – Rússia
  • 19:00 → Sonhos – Rússia
  • 21:00 → Mangoré, por amor à arte – Paraguai

15/12 – Quarta

  • 17:00 → Sonhos – Rússia
  • 19:00 → Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes – Rússia
  • 21:00 → A costa dos murmúrios – Portugal

16/12 – Quinta

  • 17:00 → O Quadragésimo Primeiro – Rússia
  • 19:00 → A Prisioneira do Cáucaso – Rússia
  • 21:00 → Mataindios – Peru

17/12 – Sexta

  • 17:00 → Sonhos – Rússia
  • 19:00 → That Night of Trance – África do Sul
  • 21:00 → O Amante da Rainha – Dinamarca

18/12 – Sábado

  • 14:00 → A Prisioneira do Cáucaso – Rússia
  • 17:00 → Jan Palach – República Tcheca
  • 19:00 → Erik & Erika – Áustria
  • 21:00 → Berlim Alexanderplatz – Alemanha

19/12 – Domingo

  • 14:00 → Eles Lutaram pela Pátria – Rússia
  • 17:00 → O Sol da meia-noite (The Sun at Midnight) – Canadá
  • 19:00 → Cinemability – Estados Unidos
  • 21:00 → Irmãs Gêmeas – Países Baixos

20/12 – Segunda

  • 17:00 → Aluga-se uma Casa com Todos os Inconvenientes – Rússia
  • 19:00 → A Prisioneira do Cáucaso – Rússia
  • 21:00 → Eles Lutaram pela Pátria – Rússia

21/12 – Terça

  • 17:00 → O Quadragésimo Primeiro – Rússia
  • 19:00 → Des Hommes – França
  • 21:00 → Canola – Coreia

Sobre o #CulturaEmCasa

A plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa foi lançada em 21 de abril de 2020. Em 18 meses, registrou mais de 7 milhões de visualizações e já disponibilizou mais de quatro mil conteúdos com 400 mil horas assistidas. São 4 mil cidades do Brasil e 165 países impactados pela plataforma. O objetivo da plataforma é democratizar o acesso da população a eventos culturais e artísticos de alta qualidade gerados ou não por instituições vinculadas à Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC).

OSESP,  Jazz Sinfônica, Pinacoteca,  Museu da Imagem e do Som,  Museu da Imigração,  Museu da Casa Brasileira,  Museu do Futebol,  Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa Lobos, São Paulo Companhia de Dança e o Projeto Guri são alguma dos programas e ações da pasta que transmitem seus conteúdos por meio da #CulturaEmCasa

A ferramenta apresenta também conteúdos do Teatro Sérgio Cardoso, do Teatro Estadual de Araras e do Museu da Diversidade Sexual (MDS). Além de diversos programas de difusão cultural e de incentivo à economia criativa como a #Virada SP Online, reunindo nomes como Dudu Nobre, Sérgio Britto, Roberta Miranda, Marcelo Falcão, Alceu Valença, Chico César e artistas dos municípios paulistas. A plataforma também transmite o maior programa de incentivo ao setor gastronômico, o #SP Gastronomia, com participação de chefs, como Lucas Corazza, Renato Carioni, e Fred Caffarena.

Em celebração aos 100 anos da Semana de Arte Moderna, a plataforma organiza e produz a série ‘Outras Vanguardas’, que fala com celebridades do mundo artístico e que, de alguma forma, ecoa o movimento modernista. Tetê Espíndola, Arrigo Barnabé, Pascoal da Conceição, Cida Moreira, Tulipa Ruiz, entre outros já participaram do programa.

O ‘Papo de Arte’, conduzido pelo jornalista Helio Goldsztejn, recebe convidados especiais para bate-papos focados em histórias e curiosidades do universo do entrevistado. A série semanal, produzida pela plataforma, já trouxe para o centro da conversa personalidades, como a cineasta Tata Amaral, o multiartista Alexandre Orion, a dramaturga e escritora Maria Adelaide Amaral, a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz e o jornalista Zeca Camargo.