Sabesp instala 170 lavatórios no Estado para ajudar no combate ao coronavírus

Equipamentos ajudam na higienização das mãos, prática essencial para evitar a contaminação por COVID-19

qua, 29/04/2020 - 8h19 | Do Portal do Governo

A Sabesp já instalou 170 lavatórios públicos em todo o Estado de São Paulo com o objetivo de ajudar a população a fazer a higienização das mãos, prática essencial para evitar a contaminação por COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Veja também
Guia de prevenção sobre o novo coronavírus
Perguntas e respostas: tire suas dúvidas sobre a doença
As medidas adotadas pelo Governo de SP para o combate ao coronavírus

DownloadDivulgação/Sabesp

O maior número de pias foi instalado em cidades atendidas pela Sabesp no Interior e Litoral, totalizando 131 lavatórios até o momento em 65 municípios, além de 13 bebedouros.

Os equipamentos estão nos seguintes municípios: Presidente Prudente (4), Pirapozinho (1), Lucélia (1), Adamantina (1), Assis (1), Bastos (1), Osvaldo Cruz (1), Presidente Epitácio (1), Tupã (2), Cabreúva (1), Campo Limpo Paulista (1), Itatiba (1), Itupeva (1), Hortolândia (1), Monte Mor (1), Paulínia (1), Várzea Paulista (1), Botucatu (3), Boituva (2), Conchas (1), Laranjal Paulista (1), São Roque (2), Tatuí (3), Caraguatatuba (3), Ilhabela (2), São Sebastião (2), Ubatuba (2), Cubatão (1), Guarujá (2), Mongaguá (7), Peruíbe (3), Praia Grande (17), Santos (8), São Vicente (1), Jales (4), Auriflama (1), General Salgado (1), Urânia (2), Santa Albertina (1), Três Fronteiras (1), Populina (1), Sud Menucci (1), Rubinéia (1), Palmeira D’Oeste (1), Lins (4), Nhandeara (1), Monte Aprazível (1), Brejo Alegre (2), Alto Alegre (1), Glicério (2), Fernandópolis (6), Cardoso (2), Nova Granada (1), Onda Verde (2), Paulo de Faria (2), Riolândia (1), Valentim Gentil (1), Monte Alto (3), Palmares Paulista (1), Novo Horizonte (1), Pongaí (1), Uru (1), Catiguá (1), Ibirá (1), Piratininga (1).

Na cidade de São Paulo, parceria entre a Prefeitura Municipal e a Sabesp prevê a implantação de um total de 100 lavatórios em comunidades mais vulneráveis. Nesta parceria, a Sabesp viabiliza a instalação hidráulica. Desde 17 de abril, já foram instalados 39 lavatórios, sendo 10 na região central da capital.

Outras ações

Além dos lavatórios, a Sabesp também já distribuiu, desde 27 de março, A Sabesp já distribuiu mais de 3.200 caixas-d’água na Região Metropolitana de São Paulo e em cidades do Interior do Estado e vai ainda entregar outras 1.250 caixas para moradores que estejam sem reservação interna e não tenham condição de comprar.

Dessa forma, a empresa vai beneficiar mais de 4.500 famílias com a doação dos reservatórios, uma ação que visa a prevenir que as pessoas fiquem sem água em momentos em que sejam necessários reparos emergenciais ou manutenções preventivas na rede de abastecimento.

“Essa ação é para garantir a higienização dessa população mais carente. Isso é importante para combater a proliferação do vírus”, afirma o gerente de Engenharia da Sabesp, Alessandro Muniz Paixão.

Em abril, a companhia também anunciou que vai isentar do pagamento das contas de água e esgoto os clientes das categorias de uso Residencial Social e Residencial Favela. Em todo o Estado, aproximadamente 2 milhões de pessoas que já têm o benefício serão atendidas. A medida vai valer por três meses (abril, maio e junho) para contas emitidas a partir de 1º de abril de 2020 em todo o Estado.

“São as famílias de menor renda, as mais prejudicadas pela crise econômica. Esta tarifa não será cobrada em abril, maio e junho, exatamente das famílias mais vulneráveis no Estado de São Paulo”, disse o Governador João Doria na ocasião.