USP concentra 27% dos programas que receberam conceito máximo

O Estado de S.Paulo - Sexta-feira, 21 dezembro de 2007

sex, 21/12/2007 - 14h04 | Do Portal do Governo

O Estado de S.Paulo

A Universidade de São Paulo (USP) concentra 27% dos cursos que receberam avaliações 6 e 7 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em todo o País. Na lista, estão programas nas áreas de humanas (Sociologia, Letras e Lingüística), exatas (Matemática) e biológicas (Ciências Farmacêuticas) oferecidos pela instituição.

Além da USP, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que tem sua nota média na pós-graduação entre as mais altas do País, teve aumento de conceito em cinco cursos oferecidos: Engenharia Química passou de nota 6 para 7, Lingüística de 5 para 6, Saúde Coletiva de 4 para 5, Engenharia Agrícola de 4 para 5 e Engenharia do Petróleo de 3 para 4.

Nessa segunda fase da avaliação – a primeira foi divulgada em outubro, com prazo de 30 dias para as instituições se pronunciarem -, outros 589 cursos também entraram com pedido de reconsideração de seus conceitos. Desses, 153 foram atendidos e tiveram aumento em sua nota, representando 26% dos questionamentos. Os outros continuaram com a avaliação divulgada inicialmente.

Quase todos os programas com nota 7 estão nas regiões Sul e Sudeste – apenas a área de Astronomia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) consta da lista.

Os outros 82 programas que receberam conceito máximo, compondo a elite da pós-graduação, estão divididos entre USP, Unicamp, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade de Brasília (UnB), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) é a única instituição particular com nota 7. O programa que recebeu o conceito foi o de Ciências da Computação.

Com relação à última avaliação, a do triênio de 2004 (a Capes faz o relatório a cada três anos), cerca de 500 cursos subiram de conceito. Outros 231 caíram.