Plano de Expansão do Acessa SP atinge 150 postos entregues

O Serrano/Serra Negra

sex, 22/05/2009 - 8h57 | Do Portal do Governo

Desde a sua fundação, há oito anos, programa de inclusão realizou mais de 37 milhões de atendimentos

O programa de inclusão digital do governo do Estado de São, Acessa SP, ganhou hoje mais dois postos atingindo a marca de 150 postos entregues à população desde 2007, quando foi lançado o Plano de Expansão do programa. Os postos foram inaugurados hoje, 19, pelo secretário de Gestão Pública, Sidney Beraldo, nos municípios de Caieiras e Franco da Rocha.

“O Acessa SP é um programa de baixo custo que tem um grande alcance social, na medida em que atendemos cidadãos de todas as idades que não têm computador em casa. O usuário utiliza este recurso até mesmo para trabalhar, como é o caso de autônomos que fazem dos postos seus escritórios virtuais”, disse o secretário Beraldo durante a cerimônia de inauguração do posto de Franco da Rocha.

Neste ano foram inauguradas 10 unidades no Estado. Além Franco da Rocha, que passa a ter duas unidades, e Caieiras, também receberam novos postos as cidades de Itu, Pradópolis, Pompéia, Oriente, Pirajuí, Paulistânia, Agudos e Pratânia.

Região metropolitana de São Paulo

O programa Acessa SP cobre 68% da região metropolitana de São Paulo, composta de 39 cidades. Desde o início do Plano de Expansão do Acessa SP, foram entregues 12 postos na Grande São Paulo. No total, são 67 unidades em funcionamento, sendo 34 instaladas na capital.

Na Grande São Paulo, o programa de inclusão digital oferece à população um total de 759 computadores com acesso gratuito à internet banda larga, sendo 475 máquinas somente na cidade de São Paulo. Mensalmente, são realizados cerca de 162 mil acessos nos postos do Acessa SP na região.

Desde a sua fundação, há oito anos, o programa atingiu marca superior a 37,6 milhões de atendimentos e cadastrou mais de 1,6 milhão de usuários com acesso gratuito à internet.

Segundo a Ponline, pesquisa realizada anualmente com os usuários do Acessa SP, o principal público freqüentador dos postos do Acessa SP é o jovem de baixa renda. Entre os freqüentadores, 75% têm até 24 anos e 61,8% apresentam renda familiar de até 2 salários mínimos.

A pesquisa ainda pediu para os usuários avaliarem o impacto do uso da internet em suas vidas. O grau de concordância (notas entre 0 e 10) para as afirmações “saber usar a internet melhorou a minha vida pessoal” e “a internet melhorou o meu desempenho profissional” foi, respectivamente, 8,4 e 7,1.