Inovação para a inclusão

Diário de S. Paulo

qua, 10/11/2010 - 8h17 | Do Portal do Governo

São Paulo realizou entre 21 e 24 de outubro o 2º Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência. A combinação da exposição de tecnologia assistiva e dos seminários, com palestrantes e pesquisadores dos principais centros brasileiros e internacionais voltados para o setor, foi importante passo para que tenhamos cada vez mais e melhores meios para promover a inclusão das pessoas com deficiência.

O uso da tecnologia em busca de uma sociedade mais justa e rica em oportunidades para todos deve ser uma obsessão. As possibilidades tecnológicas na área são ilimitadas e as realizações impressionam. Cadeiras motorizadas que podem ser controlada pelo sopro e com interface acessível para utilização de laptops e outros suportes, uso da tecnologia digital para permitir que cegos tenham irrestrito acesso a livros, técnicas de reabilitação que possibilitam a deficientes desenvolver sua autonomia e recuperar sua autoconfiança são alguns dos exemplos que podemos citar e que já são amplamente utilizados.

Ao mesmo tempo que devemos buscar a excelência do desenvolvimento tecnológico, é preciso baratear o preço desses novos produtos. Nesse sentido, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência vem firmando parcerias para desenvolver tecnologias no Brasil que permitam o barateamento desses produtos.

Por fim, é preciso citar a importância do Desenho Universal. Conceito surgido nos anos 1990, prevê critérios para que edificações, ambientes internos, urbanos e produtos atendam o maior número de usuários possíveis. Muitos desses avanços já podem ser vistos no nosso dia a dia, com as pessoas com deficiência cada vez mais presentes nos espaços de lazer, esporte, cultura e trabalho. Nesses ambientes, a tecnologia mostra a sua face mais admirável. Mostra a sua face humana.

Cid Torquato é coordenador de relações institucionais da Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência