Jovens da Fundação CASA estão inscritos nos processos seletivos das Etecs e Fatecs

Para o primeiro semestre de 2021, são 236 candidatos que buscam na formação técnica e tecnológica um meio de ingressar na vida profissional

sáb, 09/01/2021 - 9h43 | Do Portal do Governo

Um total de 236 jovens que cumprem medidas socioeducativas em centros da Fundação CASA de todo o Estado de São Paulo irão participar dos processos seletivos, para o primeiro semestre de 2021, das Escolas Técnicas (Etecs) e das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Centro Paula Souza. Por meio da formação técnica e tecnológica, eles almejam a inserção no mercado de trabalho.

São 193 jovens inscritos nos cursos técnicos das Etecs e outros 43 vão tentar vagas nos cursos superiores de tecnologia.

Os candidatos e candidatas são dos centros de atendimento localizados na capital e nas cidades de São Bernardo do Campo, Santo André, Mongaguá, São Vicente, Peruíbe, Osasco, Irapuru, Araçatuba, Lins, São José do Rio Preto, Marília, Cerqueira César, Bauru, Sorocaba, Iaras, Itapetininga, Arujá, Taubaté, Atibaia, Franca, São Carlos, Ribeirão Preto, Sertãozinho, Taquaritinga, Limeira, Mogi Mirim, Rio Claro e Franco da Rocha.

O Gerente de Arte, Cultura e Ensino Profissionalizante da Fundação CASA, Wellington Araújo, comenta sobre a participação dos adolescentes nos processos seletivos. “Para qualquer adolescente, ser aprovado em seleção de curso de nível técnico ou superior em instituição pública já é expressivo, o que alcança importância ainda maior quando se trata de adolescentes que tiveram poucas oportunidades em suas vidas. Buscamos despertar o interesse dos jovens para que tenham novas e mais qualificadas oportunidades”, disse.

Assim como ocorreu na última edição do Vestibulinho e do Vestibular, a seleção para o primeiro semestre de 2021 se dará por meio de análise do histórico escolar, sem a realização de prova presencial ou online.

A mudança do critério se fez necessária para atender ao distanciamento social, recomendado pelo Governo do Estado de São Paulo e autoridades sanitárias, visando preservar a saúde dos candidatos, e observando as notas atribuídas aos estudantes antes da pandemia.