Estado de SP recebe embaixadores de Israel em países da América Latina

Encontro intermediado pela Secretária de Relações Internacionais teve como objetivo apresentar o potencial de São Paulo para investimentos

qui, 01/12/2022 - 16h04 | Do Portal do Governo

Abertura do Encontro dos Embaixadores de Israel, na América Latina

O Governador Rodrigo Garcia recebeu na tarde de terça-feira (29) uma comitiva de embaixadores de Israel em países da América Latina. O encontro intermediado pela Secretaria de Relações Internacionais, ocorreu no Palácio dos Bandeirantes e serviu para apresentar o Estado de São Paulo e seu potencial para investimentos.

A reunião também contou com a presença do secretário de Relações Internacionais, Julio Serson, pelo secretário executivo de Relações Internacionais, embaixador Affonso Massot, do cônsul-geral de Israel em São Paulo, Rafael Erdreich, do presidente da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Benedito Braga, e do vice-presidente da Investe SP, Gustavo Ley.

“É uma honra receber a comitiva de embaixadores de Israel e de representantes do Ministério das Relações Exteriores de Israel. A comunidade judaica ajudou a construir o estado de São Paulo e Israel é um exemplo de democracia, que contribuiu muito para o desenvolvimento do nosso país. São Paulo é grato pela parceria e é uma satisfação ter um acordo bilateral para o desenvolvimento econômico de São Paulo, do país e de Israel”, disse Rodrigo Garcia.

A visita dos embaixadores reforça os laços que já existem há mais de 70 anos entre os dois países. O Brasil tem a segunda maior comunidade judaica na América Latina e o Estado de São Paulo é o principal polo desta colônia no país.

“É importante para o Governo de São Paulo essa reunião porque mostra a importância geopolítica do estado, recebendo embaixadores lotados em países tão importantes. É uma honra receber pessoas que dão exemplo de qualidade, democracia, cultura, de avanço tecnológico, coroando o acordo firmado recentemente com o estado de Israel”, afirmou Julio Serson.

Por meio da Secretaria de Relações Internacionais, em outubro deste ano, uma nova parceria foi estabelecida entre o Estado de São Paulo e Israel. Foi assinado pelo Secretário Executivo Embaixador Affonso Massot e pelo Cônsul-Geral de Israel Rafael Erdreich um protocolo de intenções, com o objetivo de fomentar oportunidades de cooperação focadas em inovação em áreas como agricultura, ciência e tecnologia, recursos hídricos e segurança pública.

O cônsul-geral de Israel em São Paulo, Rafael Erdreich, ressalta que este é um primeiro encontro para fomentar novas iniciativas. “Após a assinatura do protocolo de intenções há alguns meses, este encontro de embaixadores aqui em São Paulo é o primeiro passo para que possamos concretizar, nos anos que se seguem, mas sobretudo em 2023, iniciativas entre o Estado de São Paulo e Israel”, reforçou Erdreich.

Durante o encontro, a chefe da direção política e estratégica do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Aliza Bin-Noun, agradeceu pela recepção do Governo do Estado e destacou a relação de amizade entre os dois países. “É muito importante estarmos aqui em São Paulo, porque as relações entre Israel e São Paulo, e também entre Israel e Brasil são relações muito especiais, somos países amigos, compartilhamos valores comuns”, ressaltou Bin-Noun.

Para que os convidados pudessem conhecer um pouco mais sobre os potenciais do estado de São Paulo para investimentos, o secretário executivo de Relações Internacionais, embaixador Affonso Massot, falou sobre a importância do estado no cenário nacional e internacional, além de destacar a relação entre os dois países. “Nossas relações além de históricas, são especiais, uma vez que o Brasil é lar da segunda maior comunidade judaica na América Latina, e o Estado de São Paulo é o principal polo desta colônia no país. Tenho certeza de que a parceria entre São Paulo e Israel, bem como com os demais países latino-americanos, ainda tem muito a ser explorada e desenvolvida”, disse Massot.

A comitiva israelense foi composta por Eldad Golan, embaixador em Honduras, Vivian Aisen, diretora do departamento para a América Central, Itai Bar-Dov, embaixador no Panamá, Zeev Harel, embaixador no Equador, Eran Yuvan, embaixador no Peru, Einat Kranz Neiger, chefe de gabinete, divisão para América Central e do Sul e Caribe, Alon David, embaixador administrativo para as missões de Israel na América Latina e América do Sul, Idit Bashan, vice-diretor geral de administração, Oren Bar El, embaixador na Costa Rica, Zvi Itzhak Tal, embaixador no Mexico, Gali Dagan, embaixador na Colômbia, Eyal Sela, embaixador na Argentina, Yiftah Curiel, embaixador na Guatemala, Aliza Bin-Noun, chefe da direção política e estratégica, Gidi Lustig, diretor do departamento de coordenação da diretoria Política, Jonathan Peled, vice-diretor geral da América Latina, Aviel Avraham, vice-cônsul geral em São Paulo, e Caique Terenzo, assessor diplomático.

A importância da parceria comercial entre os dois países, com destaque para as relações com o estado de São Paulo, foi apontada pelo diretor geral adjunto para América Latina e Caribe do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Jonathan Peled. “São Paulo é o coração industrial, econômico e cultural, além de ser o centro da comunidade judaica do Brasil. Temos acordos com o Mercosul e é claro que o Brasil é o parceiro número um no Mercosul e nosso maior parceiro comercial na América Latina”, avaliou Jonathan Peled, diretor geral adjunto para América Latina e Caribe do Ministério das Relações Exteriores de Israel.

A visita contou ainda com a exibição de um vídeo em que apresentou São Paulo e suas características marcantes para receber investidores internacionais. Além disso, o presidente da Sabesp, Benedito Braga, falou sobre a estrutura da Companhia e os investimentos em saneamento que são feitos no estado de São Paulo. “Somos responsáveis ​​por um terço de todos os investimentos em saneamento no país. São investidos cinco bilhões por ano”, enfatizou Braga.