Defesa Civil explica como ciclone extratropical no sul do país pode afetar SP

Deslocamento do centro de baixa pressão em direção ao oceano deve trazer ventos que poderão chegar aos 90 Km/h na capital e RMSP

ter, 11/07/2023 - 12h17 | Do Portal do Governo

A Defesa Civil do Estado, por meio do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), informou que os efeitos da formação e o deslocamento de um centro de baixa pressão, com deslocamento ao oceano – ciclone extratropical, que atua na região sul do Brasil- serão sentidos no estado de São Paulo a partir desta quinta-feira, 13, e contribuirão para formação de fortes rajadas de vento, com velocidades de até 90 km/h na Capital, Região Metropolitana de São Paulo, Vale do Ribeira e Itapeva.

Em Sorocaba, Serra da Mantiqueira, Campinas e São José dos Campos os ventos poderão atingir os 80 km/h. Embora o ciclone extratropical traga chuva para o sul do país, em São Paulo não serão registrados acumulados significativos.

Próximo ao fim de semana teremos significativa queda nas temperaturas, no entanto, este fenômeno acontecerá em razão de uma entrada de massa de ar frio no estado de São Paulo. Na sexta-feira, 14 a temperatura mínima na Capital poderá chegar aos 9°. Já os episódios de chuvas serão mais difíceis de ocorrer, e, estes, estarão associados à passagem de uma frente fria sobre o oceano.

Até quinta-feira, 13, o estado de São Paulo terá tempo firme e temperaturas mais elevadas ao longo do dia, com a máxima podendo chegar aos 31°C em Bauru e aos 33°C em Santos, já as mínimas ficarão na faixa dos 15°C na Capital e 17°C em Catanduva, nesta terça-feira, 11. Também não há previsão de chuva para nenhuma região do estado nos próximos dias.