Policiais que prenderam quadrilha em Ribeirão Preto recebem homenagem

Desenvolvimento Máquina | 13 de março de 2017 |

O governador Geraldo Alckmin homenageou, nesta segunda-feira (13), os policiais militares responsáveis por prender em flagrante uma quadrilha, por volta das 6 horas de domingo (5), em Ribeirão Preto, interior do Estado. O encontro entre o governador e os policiais militares ocorreu no Palácio dos Bandeirantes.

“É uma justa homenagem ao CPI 3, de Ribeirão Preto e ao Comandante Figueiredo. Foi uma ação policial feita com inteligência e competência”, declarou Alckmin.

A quadrilha pretendia roubar uma empresa de valores na região. Com as informações levantadas pelos setores de inteligência de diversas unidades da PM, na capital e interior, equipes do 3º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) flagraram nove homens, entre eles um procurado pela Justiça, reunidos em uma chácara no bairro Cândido Portinari. Além da prisão, foram apreendidos cinco fuzis, três pistolas e munições.

Ação policial
A ação da PM ocorreu quando os criminosos estavam dormindo. Desta forma, não foi necessário uso de força nem de qualquer disparo na hora do flagrante. Um feirante de 40 anos tentou escapar por uma escada, mas caiu e se machucou. Ele foi levado ao Pronto Socorro Central e ficou internado.

O feirante estava com uma das pistolas e ainda usava um RG e um certificado de reservista em nome de outra pessoa, porém, com sua foto. Ele também responderá por uso de documento falso. Os demais – dois autônomos de 34, um de 29 e outro de 44 anos, dois ajudantes de 31 e 33, um açougueiro de 44 e um vendedor de 44 anos – foram encaminhados à carceragem.

Além dos fuzis e das pistolas, ainda foram recolhidos documentos, 16 celulares, seis rádios comunicadores, dois coletes à prova de bala, um aparelho bloqueador de sinal de celular, duas máscaras, quatro balaclavas, quatro relógios, dois uniformes e R$ 2.565.

Os objetos, armas e cinco porções de maconha estavam divididos entre os carros e a chácara. A equipe da PM ainda encontrou o croqui de uma rodovia, com detalhes de uma rota, o que sugere o plano de fuga que a quadrilha pretendia tomar após o crime, impedido pela ação antecipada da polícia.

A polícia ainda apreendeu três carros – Vectra preto, Volvo preto, Dodge Journey preto – e uma caminhonete Hyundai branca que estavam no local. A caminhonete Dodge Journey foi roubada no último dia 28 de fevereiro e estava adulterada pelos criminosos. Três dos veículos eram blindados. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Ribeirão Preto.

Os presos foram indiciados pelos crimes de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, formação de organização criminosa, receptação de veículo e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.