Viagem Literária divulga a programação de setembro

Programa leva bate-papos e palestras com escritores para bibliotecas públicas de 80 cidades do interior e litoral do Estado

sex, 04/09/2015 - 14h20 | Do Portal do Governo

O Viagem Literária, programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, divulga a programação completa do mês de setembro. São 160 atividades, que trazem bate-papos e palestras com escritores renomados para as bibliotecas públicas em 80 cidades do interior e litoral de São Paulo.

Lançado em 2008, o Viagem Literária visa o incentivo à leitura e encontra ampla receptividade entre o público, autores e dirigentes da área cultural. Em 2015, 80 cidades participam do programa, que é gerido pela SP Leituras e integra o conjunto de ações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB).

Entre os autores selecionados estão: Alonso Alvarez, Bruna Beber, Cadão Volpato, Caio Riter, Carla Caruso, Cristovão Tezza, Daniela Arbex, Edson Gabriel Garcia, Ferréz, Flávia Muniz, Ignácio de Loyola Brandão, Ilan Brenman, Índigo, Joca Reiners Terron, Lucia Hiratsuka, Luiz Ruffato, Luize Valente, Marcelino Freire, Marcia Tiburi, Marcio Vassalo, Menalton Braff, Ricardo Lísias, Roseana Murray, Rubens Figueiredo e Sérgio Rodrigues.

Dirigidos a leitores infantojuvenis e adultos, os encontros deste ano acontecerão em dois horários no mesmo dia, sempre nas bibliotecas públicas. Em bate-papos descontraídos que duram cerca de 1h30, os escritores falam sobre suas obras, métodos de trabalho, seus autores preferidos, suas influências literárias, seus interesses e muitos outros assuntos do universo literário.

Confira aqui a programação completa

Bibliotecas e Leitura

O Viagem Literária é um dos programas da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo dedicados à valorização das bibliotecas públicas e ao estímulo à leitura. A Secretaria mantém, por meio da coordenação do Sistema de Bibliotecas Públicas e Comunitárias (SisEB), ações contínuas de atualização profissional e renovação de acervos, a exemplo de cursos de capacitação, periódicos e do Seminário Internacional de Bibliotecas.

A Secretaria também mantém, na capital, a Biblioteca de São Paulo (BSP) e a Biblioteca Parque Villa-Lobos (BVL), modelos do conceito de “biblioteca viva”, que busca propagar por meio do SisEB. Além dos museus relacionados à palavra escrita – Museu da Língua Portuguesa, Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida – realiza também o Prêmio São Paulo de Literatura, que anualmente reconhece e premia os melhores romances publicados em língua portuguesa em todo o país.

Da Secretaria da Cultura