SP entrega 3,5 milhões de kits com material pedagógico para período de aulas em casa

Material impresso será distribuído a partir do dia 27; objetivo é manter os alunos motivados a estudar durante o isolamento social

qui, 16/04/2020 - 13h14 | Do Portal do Governo

O Governador João Doria anunciou nesta quinta-feira (16) a distribuição de kits com material impresso contendo apostilas de matemática e língua portuguesa, gibis da Turma da Mônica, livros paradidáticos e manual de orientações às famílias e do Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP). A entrega ocorrerá a partir do dia 27 de abril.

“O kit contém apostilas de matemática e português, livros didáticos e gibis da Turma da Mônica. O investimento é de R$ 19,5 milhões do Governo do Estado de São Paulo. O material contempla informações aos pais, aos seus filhos e contribui para o estudo à distância”, disse Doria.

Além de ser um material de estudos aos alunos, os kits contemplam informações também aos pais e responsáveis sobre como estudar em casa no período de suspensão das aulas presenciais.

O material organizado pela Secretaria de Estado da Educação será entregue para os 3,5 milhões de alunos matriculados na rede estadual de São Paulo. Além dos estudantes das escolas estaduais, alunos de mais de 470 redes municipais do Estado também serão contemplados com o manual de orientação aos pais.

“O objetivo é ajudar famílias e alunos durante este período, para que sigam aprendendo mesmo em casa e se mantenham motivados a estudar”, destaca o Secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.

O material inclui brincadeiras que as famílias podem desenvolver com os bebês ou crianças; sugestões de como podem apoiar os adolescentes em seus estudos e atividades adequadas aos alunos de diferentes idades.

Distribuição 

Os kits serão disponibilizados nas escolas e os alunos deverão retirá-los por meio de um escalonamento, a partir do dia 27 de abril, a ser organizado pelas Seduc e Diretorias de Ensino, para que não haja aglomerações.

A distribuição para cerca de 10% dos alunos da rede que estão localizados em áreas rurais e mais afastadas será feita por meio do transporte escolar. A Polícia Militar e as Guardas Municipais também darão apoio à logística de distribuição dos materiais.

Cada aluno dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio receberá um kit com quatro apostilas: de língua portuguesa, de matemática, com orientações gerais e sobre a utilização do Centro de Mídias SP. Serão impressos 13 milhões de materiais.

Já os alunos dos anos iniciais do ensino fundamental receberão kit com quatro apostilas, além de um livro, um gibi da Turma da Mônica e uma ficha de leitura cada. Ao todo, são 1,2 milhão de unidades de livros e gibis.

Com as cartilhas, os pais poderão ajudar seus filhos e contribuir com sua formação, independentemente de sua escolaridade. Para isso, é importante que organizem uma rotina para que os filhos possam estudar todos os dias.

Para o desenvolvimento das atividades escritas, familiares alfabetizados ou professores, à distância, poderão apoiar os alunos e responsáveis no entendimento dos materiais enviados.

Calendário

As aulas na rede estadual de São Paulo estão suspensas desde o dia 23 de março como medida de controle à propagação do coronavírus. A Seduc antecipou o período de férias e recesso escolar, e as aulas que contarão como dias letivos recomeçam no dia 27 de abril.

De 22 a 24 de abril, professores e todos os servidores das 5,1 mil escolas estaduais receberão formação com orientações sobre a forma de atuação durante o período de aulas suspensas.

Aplicativo para educação infantil e anos iniciais

O Governo de São Paulo lançou, no dia 3, o Centro de Mídias da Educação de SP (CMSP), uma plataforma que vai permitir que os estudantes da rede estadual tenham acesso a aulas ao vivo, videoaulas e outros conteúdos pedagógicos mesmo durante o período do isolamento social.

A partir da próxima semana também estará disponível um segundo aplicativo para download, o CMSP Educação Infantil e Anos Iniciais, com conteúdo exclusivo para essas etapas de ensino.

O aplicativo do Centro de Mídias SP já está disponível para os sistemas Android e IOS. Para ter acesso, estudantes e professores da rede estadual terão de fazer o login com os mesmos dados usados na Secretaria Escolar Digital (SED). O aplicativo Centro de Mídias SP foi desenvolvido pela IP.TV e doado à Secretaria de Estado da Educação durante a suspensão das aulas.

Além da ferramenta que vai viabilizar o ensino presencial mediado por tecnologia, o Governo de São Paulo também entrou em acordo com a TV Cultura, que vai transmitir as aulas por meio dos canais digitais 2.2 – TV Univesp e 2.3 – TV Educação.

A Seduc vai patrocinar internet para que alunos e professores da rede tenham acesso aos conteúdos via celular, sem qualquer custo. Para isso, firmará contrato com cada uma das quatro maiores operadoras de telefonia: Claro, Vivo, Oi e Tim.

Dessa forma, todo estudante da rede poderá desfrutar das atividades do aplicativo sem utilizar o pacote 4G do celular, sinal de internet wi-fi, ou mesmo quando estiver sem créditos.

Secretaria da Educação do Estado
Assessoria de Imprensa
(11) 2075-4610 / 4611 / 4624
imprensa@educacao.sp.gov.br