Sabesp anuncia R$ 1,7 bilhão em obras em Guarulhos até 2026

Após acabar com rodízio de água, Companhia foca na ampliação do sistema de esgoto no município por meio do IntegraTietê

qua, 14/06/2023 - 12h33 | Do Portal do Governo

Há quatro anos atuando em Guarulhos, a Sabesp anunciou nesta quarta-feira (14) um investimento de R$ 1,7 bilhão previsto para o município até 2026 pelo IntegraTietê, projeto estadual para recuperar o rio Tietê. Dentro do programa, já foram iniciados contratos para obras na bacia dos córregos Cabuçu de Cima e Baquirivu-Guaçu. Os investimentos se destinam à universalização da coleta e tratamento de esgoto, beneficiando a população com mais qualidade de vida, além do Tietê e seus afluentes.

O anúncio foi feito em evento de balanço dos serviços de saneamento básico no município. A cerimônia no Teatro Adamastor contou com a presença do prefeito Gustavo Henric Costa, o Guti, e autoridades locais, além do diretor-presidente da Sabesp, André Salcedo, e funcionários da Companhia.

A Sabesp assumiu o saneamento do município em janeiro de 2019 e acabou com o rodízio de água que atingia cerca de 1,2 milhão de pessoas. Também construiu reservatórios e investiu em ações para redução de perdas de água. Além de oferecer serviços digitais, implantou no município seis agências de atendimento.

Atualmente, o foco é a ampliação do atendimento dos serviços em esgotamento sanitário. Entre 2019 e 2023, foi aplicado na cidade mais de R$ 1 bilhão. No momento, a cobertura de esgoto está em 92,1%. Sobre o tratamento, a meta é atingir 50% até o fim de 2025. Quando a Sabesp assumiu os serviços de esgotamento sanitário de Guarulhos, o índice de tratamento era de 3%.

“Nossa missão na Sabesp são as pessoas. Essa preocupação se traduz em investimentos, em levar água todos os dias para todos, para que tenham dignidade e qualidade de vida. Já corrigimos a questão da água e agora vamos centrar no esgoto. Esse é o nosso compromisso”, afirmou Salcedo.

“O dia de hoje é um marco para a cidade de Guarulhos. Saímos de mais de 90% da cidade com rodízio de água e agora estamos mostrando os avanços da nossa parceira com a Sabesp. São resultados que podemos ver todos os dias nas ruas”, disse o prefeito Guti.

“Hoje abastecemos Guarulhos com o mesmo volume de água de quando havia rodízio. Isso é eficiência. Conseguimos isso com muita estrutura”, explicou o gerente da Sabesp no município, Valdemir Viana Freitas.

Água Legal
A cobertura do abastecimento de água hoje é de 100%. A Companhia também realiza na cidade o Programa Água Legal. A ação tem o objetivo de regularizar ligações de água, mediante autorização dos órgãos competentes, substituindo as ligações precárias por redes e hidrômetros que levam água de qualidade até as torneiras dos imóveis das áreas de alta vulnerabilidade. O Água Legal já regularizou 11 mil ligações em Guarulhos. Mais 65 mil ligações serão realizadas até 2025. No momento, o programa ocorre nos bairros São Rafael, União e Florida. Os bairros Vila Ipanema, Carmela, Jardim Ferrão e Soberana também estão na lista e vão receber os trabalhos. O Sítio São Francisco, Tijuco Preto e Jardim Cumbica I foram regularizados na primeira etapa do programa no município.

Em relação ao esgotamento sanitário, a Sabesp vem investindo na ampliação da infraestrutura e na construção de duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs). Está construindo 216 km de redes e de coletores que levam o esgoto até as ETEs São João, Bonsucesso e Várzea do Palácio e ainda às estações São Miguel e Parque Novo Mundo, que estão localizadas na capital paulista.

Todo esse trabalho possibilitou aumentar em dez vezes a porcentagem do esgoto tratado na cidade. A Sabesp também está construindo duas novas ETEs: do Jardim Fortaleza e do Cabuçu, que devem ser entregues até 2025. Para os próximos dois anos (2024 e 2025), a previsão é de um investimento de R$ 400 milhões. Todo o esforço da Companhia é para atingir, até 2030, a universalização dos serviços de saneamento.